Air New Zealand planeia a introdução de camas na classe económica 🛌✈️

  • 01.07.2022 19:03
  • Paulo

Colchões ou cadeiras reclináveis que se transformam em cama são normalmente benesses reservadas à primeira classe. Mas a companhia aérea neozelandesa quer dar a oportunidade a quem viaja em classe económica de experienciar este luxo… mas com algumas condições.

Queres receber notificações acerca de novas ofertas?

Regista-te e decide a frequência de envio. Não vamos enviar spam!

A Air New Zealand resolveu surpreender os viajantes com um novo serviço: beliches para as viagens de ultra longo curso. Os lugares tradicionais das classes económica e premium vão continuar a ser cadeiras reclináveis, mas quem quiser vai passar a poder contratar, por um custo extra, e durante sessões de quatro horas, uma das camas disponibilizadas pela companhia neste novo serviço.

De acordo com a Air New Zealand, este serviço chamado Skynest – ou ninho do céu – vai passar a estar disponível a partir de 2024. Para encaixar as seis camas que a companhia pretende disponibilizar vai ser necessário remover cinclo lugares da classe económica nos Boeing 787-9 Dreamliner que esta atualmente opera.

Em cada cubículo, os passageiros que reservarem este serviço vão poder contar com uma cortina para privacidade, ventilação e carregadores USB. Os lençóis e almofadas serão trocados pela tripulação entre cada reserva.

Para já ainda não é conhecido o valor que será cobrado por cada sessão. Mas, com mais de 200 lugares na classe económica, a concorrência vai ser feroz. Cada passageiro pode apenas reservar uma sessão, pelo que podes esquecer a ideia de passar uma boa noite de oito horas nestes beliches.

E não, também não vais poder partilhar a cama com ninguém já que haverá uma política estrita de uma pessoa por cubículo. Na verdade, quem já testou o protótipo do Skynest avisa que para quem tem maior altura ou ombros mais largos o espaço poderá ser demasiado pequeno para relaxar.

Mesmo assim, estas novas camas podem ser um grande alívio durante as longas viagens oferecidas pela empresa. Em Setembro deste ano, a Air New Zealand vai inaugurar uma nova rota entre Auckland, na Nova Zelândia e Nova Iorque, uma viagem com mais de 17 horas. Já em Outubro, a companhia vai retomar os voos entre Auckland e Chicago.

De acordo com Greg Foran, chefe executivo da Air New Zealand, este novo serviço vai por a companhia num lugar de destaque entre as empresas de aviação que oferecem viagens de ultra longo curso.

O mercado das viagens de ultra longo curso está em franca expansão. Em 2025, a australiana Qantas vai passar a oferecer voos diretos a partir de Sydney e Melbourne para Londres e Nova Iorque. Estas viagens podem chegar às 20 horas e a empresa já anunciou que os aviões vão estar preparados com “zonas de bem-estar” para que os passageiros possam alongar as articulações.

 

Tours & Atividades

Reserva já os teus tours ou atividades no Viator, do grupo Tripadvisor! E ao fazê-lo estás-nos a dar uma grande ajuda 🙂

Seguro de Viagem

Para contratar o teu seguro de viagem, aconselhamos a IATI, com uma excelente gama de seguros, incluíndo aquela que é, provavelmente, a melhor cobertura Covid-19 do mercado. 

Se reservares connosco, através deste link, tens 5% de desconto no teu seguro e, ao mesmo tempo, dás-nos uma ajuda preciosa 🙂

Queres receber notificações acerca de novas ofertas?

Regista-te e decide a frequência de envio. Não vamos enviar spam!

Sugestões de viagem