Autorização eletrónica de viagem para o Canadá (eTA) – como funciona 🇨🇦 🛂

  • 15.06.2023 18:15
  • João

Viajar para Canadá para quem tem passaporte português é bastante simples. Existe apenas um passo obrigatório, o pedido de autorização eletrónica de viagem, que deves completar antes de viajar. Explicamos tudo neste artigo.

Queres receber notificações acerca de novas ofertas?

Regista-te e decide a frequência de envio. Não vamos enviar spam!

É preciso visto para entrar no Canadá?

Portugal tem um dos mais poderosos passaportes do mundo, dando-te acesso a 129 países sem necessidade de visto e 44 onde podes obter o visto à chegada.

De entre os países que não requerem visto, alguns pedem apenas que preenchas uma autorização eletrónica de viagem, um processo relativamente rápido e barato quando comparado com pedir um visto. Este é o caso do Canadá.

No Canadá, os portadores de passaporte português beneficiam do Visa Waiver Program – programa de dispensa de visto.

No geral, é-te pedido que preenchas um formulário com os teus dados para que, à chegada, já esteja associado ao teu número de passaporte uma autorização de entrada. Este processo é obrigatório para todos os detentores de passaporte português que visitem o país.

Neste artigo, vamos ajudar-te com este processo para que em breve possas estar a cruzar o atlântico sem preocupações!

Entrar nos Canadá com passaporte português – Como funciona a eTA

Para entrar no Canadá o processo é bastante semelhante ao dos Estados Unidos, com a diferença de que é mais barato (apenas sete dólares canadianos, ou 4,85 euros). O formulário demora poucos minutos a preencher e a autorização pode demorar apenas uns minutos mais a ser aprovada.

Como pedir a eTA

Passo 1 – Aceder ao site e iniciar o processo

Para obtermos uma autorização eletrónica para entrar no Canadá começamos por aceder ao site oficial de imigração do governo canadiano. Nesta página inicial vais poder escolher o idioma das instruções iniciais.

 

Infelizmente, quando carregas no botão “Requerer uma AVE (eTA, em inglês)” no fim da página, a página seguinte volta para o inglês, e é apenas possível mudar o idioma para francês no canto superior direito da página. No entanto, existe um PDF oficial com instruções detalhadas em português.

 

Na segunda página, escolhe a opção “Get final instruction to apply for an eTA”, novamente no fundo da página.

A terceira página pergunta-te se tens um passaporte francês. Sendo que este guia é para quem tem um passaporte português, vamos dizer que não e prosseguir.  De novo, vamos até ao fim da página e carregamos no botão “Continue to the eTA application form”.

Finalmente perguntam-nos se estamos a preencher este formulário ou em nome de alguém. Vamos continuar assumindo que queres preencher em nome próprio.

Passo 2 – Preencher os teus dados

O passo seguinte é preencher os teus dados. Estes incluem os dados no passaporte, a tua residência, a tua situação laboral ou até as tuas doenças (serviços fronteiriços adoram cuscar), mas pelo menos aqui não te perguntam pelas tuas redes sociais ou se és terrorista.

 

No final da página, é só mesmo concordares com os termos legais e assinar digitando o teu nome completo tal como se encontra no passaporte. Depois de confirmares os teus dados, carrega em “Proceed to Payment” para continuares para a página de pagamento.

 

Passo 3 – Pagar

Para terminar o pedido, resta fazer o pagamento. Como dissemos ao início, são sete dólares canadianos ou cerca de 4,85 euros. O pagamento pode ser feito com cartão.

Passo 4 – Esperar que seja aprovado

Com o pedido concluído, basta agora esperar para receber o email de confirmação. E talvez não tenhas de esperar muito, já que muitos são os que recebem este email no espaço de minutos.

Há sempre a possibilidade de te pedirem documentos extra ou de ser detetado algum erro no formulário que preencheste, por isso tenta sempre fazer o pedido com uma antecedência confortável em relação à viagem.

Notas finais:

Quando a tua autorização eletrónica para entrar no Canadá é aprovada, ela é válida para os cinco anos seguintes ou até mudares de passaporte. Isto significa que pelos cinco anos seguintes à aprovação podes viajar para o Canadá sem repetir o processo, desde que não tenhas trocado de passaporte entretanto.

Mesmo assim, antes de viajares convém sempre confirmar o estado da tua autorização eletrónica. Podes consultar esse estado no mesmo site em que é feito o pedido, através deste link.

A autorização eletrónica fica automaticamente ligada ao teu passaporte, pelo que quando chegas à fronteira não é necessário apresentar qualquer documento comprovativo de que completaste o processo.

O Canadá conta com uma aplicação para tornar o teu processo de passar a fronteira mais rápido. O ArriveCAN (Android | Apple | Website) é facultativo mas pode poupar-te algum tempo à chegada.

Seguro de Viagem

Para contratar o teu seguro de viagem, aconselhamos a IATI, com uma excelente gama de seguros, incluíndo aquela que é, provavelmente, a melhor cobertura do mercado. 

Se reservares connosco, através deste link, tens 5% de desconto no teu seguro e, ao mesmo tempo, dás-nos uma ajuda preciosa 🙂

Consulta do Viajante

Aconselhamos a marcar a tua consulta na Consulta do Viajante Online. Insere o código flamingo para teres 5% de desconto em consultas para 2 ou mais pessoas.

Tours & Atividades

Reserva já os teus tours ou atividades no Viator, do grupo Tripadvisor! E ao fazê-lo estás-nos a dar uma grande ajuda 🙂

Queres receber notificações acerca de novas ofertas?

Regista-te e decide a frequência de envio. Não vamos enviar spam!

Sugestões de viagem