Viajar a Solo: 10 sugestões para o teu próximo destino 🗺️

  • 27.05.2022 17:52
  • Paulo

Alguns de nós decidem viajar sem companhia para podermos fazer o nosso próprio roteiro, outros pela oportunidade de ter momentos de introspeção. Por vezes é simplesmente porque não conseguimos conciliar as férias com os nossos companheiros de viagem habituais ou porque os nossos amigos são uns morcões e não saem de volta das saias da mãe. Para quem nunca o fez pode parecer desafiante, ou até aborrecido. Pelo contrário, viajar sozinho pode ser uma experiência inesquecível, principalmente quando escolhes o destino ideal.

Queres receber notificações acerca de novas ofertas?

Regista-te e decide a frequência de envio. Não vamos enviar spam!

Fica por isso a conhecer a nossa lista de alguns excelentes destinos para viajares sozinho:

Sevilha, Espanha

A apenas 4 horas e meia de viagem de Lisboa, Sevilha é uma das cidades mais belas da Península Ibérica e um excelente sítio para explorares a sós.

O centro histórico, conhecido como Casco Antiguo, é um labirinto de ruas entre casas e palácios de influência mourisca que assegura que cada passeio será uma agradável experiência.

As principais atrações da cidade são a catedral de Sevilha e, logo ao lado, a torre conhecida como La Giralda, do topo da qual tens uma das melhores vistas da cidade.

Sevilha é também uma cidade com uma animada vida noturna; afinal de contas, as altas temperaturas obrigam a que o dia seja mais relaxado. À noite, as ruas e esplanadas enchem-se, contribuindo para uma atmosfera muito acolhedora.

Podes consultar o nosso Guia Rápido de Sevilha aqui e, já agora, segue-nos no Instagram!

Islândia

A Islândia é uma das grandes maravilhas geológicas do mundo. Lagos, cascatas, glaciares, geysers e falésias contribuem para um cenário extraordinário. Tudo isto num país que regularmente é considerado o local mais seguro do mundo. 

A língua local, o islandês, é conhecida pelos nome de locais aparentemente impronunciáveis. O ponto mais alto do país, por exemplo, é a montanha Hvannadalshnjúkur. Mas a esmagadora maioria da população fala inglês, tornando assim mais fácil comunicar. 

Com cerca de dois milhões de visitantes por ano, para uma população de apenas 370,000 pessoas, a Islândia está habituada a acolher visitantes e não faltam guias turísticos e tours em grupo, pelo que mesmo que viajes sozinho acabarás por estar acompanhado uma boa parte do tempo se assim o desejares. Se não, faz como nós, aluga uma autocaravana e parte à descoberta!

Dublin, Irlanda

A hospitalidade do povo irlandês é bem conhecida, fazendo de Dublin uma ótima escolha para uma viagem a solo.

Os pubs da cidade são o lugar perfeito para socializar, mas também para relaxar enquanto bebes uma cerveja Guinness ou experimentas um whiskey local. E a noite no pub não fica completa sem a música ao vivo. 

Dublin é atualmente a casa de uma comunidade brasileira em rápido crescimento, por isso é bem possível que ouças alguém a falar português nas ruas e pubs da cidade.

Durante o dia, a cidade tem muito para oferecer, incluindo tours aos armazéns da Guinness ou à antiga prisão onde foram mantidos os revolucionários irlandeses, a Kilmainham Gaol, um monumento de grande importância para o país.

Por fim, relaxa com um passeio pelo parque Phoenix, onde é comum avistar manadas de veados, ou nas margens do rio Liffey. 

Podes consultar o nosso Guia Rápido de Dublin aqui e, já agora, segue-nos no Instagram!

Japão

Viajar sozinho para o outro lado do mundo pode parecer arriscado, mas o Japão é um ótimo destino para quem viaja sem companhia, não fosse um dos países mais seguros do mundo.

Dada a distância, o Japão é ideal para quem procura uma viagem mais longa, com paragem em várias cidades. O país é também conhecido pela qualidade dos seus transportes públicos, o que torna particularmente fácil ir de cidade para cidade. 

Tóquio e Quioto são paragens obrigatórias. Ambas as cidades têm muito a oferecer em termos de cultura e entretenimento, mas Tóquio é mais conhecida pela sua vida urbana, ilustrada pelo agitada zona de Shibuya, enquanto Quioto é mais procurada pelos seus templos e ruas históricas.

Tóquio, japão

Liubliana, Eslovénia

A pequena capital eslovena é uma cidade jovem, com preços acessíveis e que pode ser facilmente explorada a pé ou de bicicleta.

O castelo com vista sobre a cidade é paragem obrigatória. O centro histórico da cidade, que se estende ao longo do estreito rio Ljubljanica, é bastante acolhedor. Segue para Metalkova – uma zona conhecida pela arte urbana e pelos seus bares – para uma experiência mais alternativ

Se procuras um pouco de natureza, podes também caminhar até ao parque Tivoli; ou então seguir para o parque nacional Triglav, não muito longe da cidade, onde podes escalar uma montanha com o mesmo nome, o ponto mais alto da Eslovénia.

liubliana

Costa Rica

Para um destino mais tropical, a Costa Rica é uma excelente escolha. O país é conhecido por ser seguro e por se focar no turismo sustentável, o que o torna bastante atrativo para viajantes de mochila às costas.

Tendo abdicado de ter um exército em 1948, a Costa Rica optou por canalizar fundos para a conservação natural. Graças a esta visão, o país é hoje refúgio de um grande número de espécies animais e vegetais. 

O turismo local é rico em experiências, como slide pela floresta tropical, caminhadas pelas zonas selvagens ou surf nas praias de areia branca. Sendo um país da América Latina, podes ainda testar o teu espanhol e ficar a conhecer a afável população local.

Copenhaga, Dinamarca

A capital dinamarquesa é uma das cidades mais convidativas para conhecer a pé ou de bicicleta. O seu cartão de visita é Nyhavn, uma zona de bares, cafés e restaurantes junto a um pequeno canal.

Quem visita a cidade normalmente espanta-se com a descontração com que as pessoas deixam os seus pertences ou até as crianças sem vigilância, um sinal da segurança que esta oferece aos seus visitantes.

Outra zona de entretenimento, ideal para viajantes não acompanhados são os jardins do Tivoli, um local de convívio com música ao vivo e bares. 

Estivemos recentemente em Copenhaga! Dá uma vista de olhos ao destaque que fizemos aqui e, já agora, segue-nos no Instagram!

Berlim, Alemanha

Berlim é normalmente associada às discotecas onde, se tiveres a sorte de passar o escrutínio do porteiro, podes ficar de sexta à noite até segunda-feira de manhã. Mas a cidade tem muito mais a oferecer, mesmo no que toca a vida noturna.

Principalmente durante os meses mais quentes, Berlim é uma cidade que vive no exterior. Durante o dia, parques como o Tiergarten ou o aeroporto abandonado de Tempelhof enchem-se de pessoas de todas as idades que procuram praticar desportos ou fazer piqueniques.

À noite, a vasta oferta de comida de rua e os späti – lojas de conveniência onde podes comprar uma cerveja a qualquer hora do dia – asseguram que as ruas estão cheias até altas horas. 

Destruída e dividida e reconstruída novamente, Berlim é também uma cidade com muita história. Bem no centro da cidade, podes encontrar uma série de museus de arte e história na (apropriadamente chamada) Ilha dos Museus.

Também estivemos recentemente em Berlim! Dá uma vista de olhos ao destaque que fizemos aqui e, já agora, segue-nos no Instagram!

berlim

Cabo Verde

Relativamente perto de Portugal, com voos diretos a partir de Lisboa e tendo o português como língua oficial, Cabo Verde é um destino extremamente acessível para quem reside em Portugal.

Por isso, se queres descansar a sós num destino com praias extremamente convidativas recomendamos este país-arquipélago. A Ilha do Sal, onde fica um dos aeroporto internacionais, é também a que atraí mais turistas graças a praias como Santa Maria.

A Ilha da Boa Vista, que também tem voos diretos de Lisboa pela TAP, tem menos pressão turística apesar dos seus 55 quilómetros de praias de areais douradas. O deserto de Viana, também nesta ilha, oferece uma paisagem de dunas deslumbrante.

Já na Ilha de Santo Antão podes encontrar a Cidade Velha, recentemente reconhecida pela UNESCO como Património Mundial da Humanidade. 

Toronto, Canadá

Num sítio tão multicultural como a cidade de Toronto, rapidamente te sentirás em casa mesmo que viajes sozinho. Com a maioria das ruas desenhadas a régua e esquadro, Toronto é também uma cidade extremamente fácil de navegar.

Ao longo da cidade irás encontrar enclaves de diferentes comunidades – Little Italy, Chinatown, Koreatown, Greektown, Little Portugal – pelo que vais sentir que estás a dar a volta ao mundo apenas com um bilhete de metro.

Segue para o bairro de Kensington Market se quiseres uma zona com muita vida, lojas de segunda mão e comida do mundo inteiro. Ou se quiseres fugir um pouco à confusão urbana, apanha o ferry para as ilhas do lago Ontário.

Toronto é também uma cidade que vibra intensamente com o desporto, quer seja hóquei, basquetebol, futebol ou basebol. Por isso, se quiseres rapidamente integrar-te na cultura local, assistir a um jogo da equipa local de basebol, os Blue Jay, é uma boa ideia (só não nos peças para explicar as regras!).

canada

Tá também uma vista de olhos ao excelente artigo que o Vasco Monteiro escreveu para nós sobre como fazer amizades ao viajar a solo!

Carro

Para os melhores preços no aluguer de carros vai a Rentalcars.com!

Tours & Atividades

Reserva já os teus tours ou atividades no Viator, do grupo Tripadvisor! E ao fazê-lo estás-nos a dar uma grande ajuda 🙂

Seguro de Viagem

Para contratar o teu seguro de viagem, aconselhamos a IATI, com uma excelente gama de seguros, incluíndo aquela que é, provavelmente, a melhor cobertura Covid-19 do mercado. 

Se reservares connosco, através deste link, tens 5% de desconto no teu seguro e, ao mesmo tempo, dás-nos uma ajuda preciosa 🙂

Queres receber notificações acerca de novas ofertas?

Regista-te e decide a frequência de envio. Não vamos enviar spam!

Sugestões de viagem