Guia de viagem de Maiorca e Menorca – Transportes, praias, hotéis, restaurantes e muito mais 🇪🇸

  • 30.04.2023 20:00
  • Bruno A.

Guia de viagem da Maiorca e Menorca com todas as informações relativas a hotéis, restaurantes, transportes, segurança, melhores praias e muito mais. Em suma, tudo o que precisas de saber antes de agendares a tua viagem para Maiorca e/ou Menorca, Espanha.

Queres receber notificações acerca de novas ofertas?

Regista-te e decide a frequência de envio. Não vamos enviar spam!

Considerada a maior ilha de todas as Baleares, Maiorca é um destino de férias extremamente popular durante os meses de Verão. Com um ambiente mais simpático e tranquilo, comparativamente à sua congénere de Ibiza, Maiorca reúne consensos entre famílias, casais e viajantes de uma faixa etária um pouco mais avançada.

No entanto, é igualmente válido colocar o olhar uns quantos quilómetros a leste e espreitar o tranquilo paraíso de Menorca. Famosa pelas suas praias fabulosas, águas turquesa e esforços conservacionistas – afinal, existem por estas bandas espécies que não podes encontrar em mais lugar algum – Menorca é um destino de pleno direito, mesmo que optes por dedicar todo o tempo da tua aventura a esta pequena ilha.

Posto isto, se estás de partida para estas belas ilhas espanholas, o nosso guia de viagem de Maiorca e Menorca é ideal para ti! Para além das informações habituais sobre hotéis, restaurantes, praias e transportes públicos, incluímos ainda dois roteiros completo com tudo o que deves fazer em Maiorca e Menorca em 5 ou em 7 noites (ou 1 semana).

Guia de Viagem de Maiorca e Menorca, Espanha

Como chegar a Maiorca – Voos desde Portugal

Apesar da sua gigantesca popularidade, a famosa ilha espanhola é apenas servida pelo Aeroporto de Palma de Maiorca, o seu único aeródromo internacional.

Felizmente, é possível voar directamente para Maiorca desde Portugal continental, seja a partir de Lisboa (Easyjet, TAP e Vueling) ou do Porto (Easyjet e Ryanair).

Como chegar a Menorca – Voos desde Portugal

Do mesmo modo, também a ilha vizinha é servida por um único aeroporto internacional. O Aeroporto Mahón Menorca.

Neste caso, é possível voar directamente para a ilha a partir de Lisboa na easyJet ou com a TAP e a partir do Porto com a easyJet.

Melhor altura para visitar Maiorca e Menorca

À semelhança de praticamente todas as restantes Ilhas Baleares, também Maiorca e Menorca são extremamente mais populares durante o Verão, quando comparativamente aos níveis de turismo recebidos durante o resto do ano. Aliás, a esmagadora maioria das ligações aéreas a estas ilhas é de cariz sazonal! No entanto, como mostram a subida exponencial de preços e a confusão constante, poderá valer a pena evitar os meses de Julho e Agosto, para bem da tua carteira e saúde mental.

Posto isto, e para que possas à mesma aproveitar as praias e bom tempo da região sem sentires que estás a caminhar numa terra-fantasma, sugerimos que agendes a tua visita para a denominada “shoulder-season”, com destaque para os meses de Maio-Junho e de Setembro-Outubro.

Documentos necessários para visitar Maiorca e Menorca

Uma vez que continuarás dentro da União Europeia, não te é exigida a apresentação de passaporte para poderes viajar, bastando apenas que estejas na posse de cartão de cidadão válido.

Descobre mais: Vais viajar e tens o Passaporte ou Cartão de Cidadão caducado ou perdido? Vê aqui o que podes fazer

Cartão SIM em Maiorca e Menorca – Roaming em viagem

Estando o país vinculado às regras de roaming da UE, não te será cobrada qualquer taxa de roaming durante a tua visita a Espanha.

Assim sendo, poderás simplesmente utilizar o teu cartão (quase) como se estivesses em Portugal (os dados das apps que as operadoras portuguesas contam num plafond separado, passam a contar para o teu plafond principal de dados. Isto significa que se tiveres 5GB de dados + 15GB para apps, enquanto estiveres em Maiorca ou Menorca esses dados vão ser retirados aos 5GB e não aos 15GB).

Dinheiro em Maiorca e Menorca – Taxas bancárias e orçamento de viagem

Uma vez que Espanha faz parte da Zona Euro, o conjunto de países onde é utilizada a moeda única, poderás utilizar o teu cartão de crédito/débito português para fazer levantamentos e pagamentos no destino sem que te seja cobrada qualquer taxa de conversão.

Assim sendo, terás apenas que ter em atenção potenciais taxas cobradas pelo banco emissor da própria caixa automática onde fizeres o levantamento. Contudo, e sempre que haja lugar ao pagamento de qualquer comissão deste tipo, essa informação é descortinada antes de confirmares o levantamento, o que significa que podes sempre cancelá-lo e procurar outra caixa. Tem especial atenção às caixas da Euronet, que cobram uma comissão fixa por levantamento com cartão estrangeiro.

Por outro lado, se precisas de ajuda a manter o orçamento de viagem sob controlo, recomendamos neste guia de viagem de Ibiza a utilização do cartão Revolut. Ainda que neste país não possas usufruir da principal vantagem deste produto – levantamentos em moeda estrangeira sem taxas de conversão – continua ainda assim a ser uma ferramenta útil.

Através da aplicação do banco online, terás acesso imediato a todos os gastos e ao saldo da tua conta, monitorizando assim os teus gastos diários. Para além disso, poderás carregar o cartão apenas com o valor que esperas gastar (por dia ou na viagem), evitando assim que gastes mais do que aquilo que esperavas e limitando também o valor que podes perder em caso de roubo ou fraude.

Descobre mais: Dicas para viajantes: Tudo que precisas de saber sobre o Cartão Revolut

Segurança em Maiorca e Menorca – esquemas e burlas mais comuns

No cômputo geral, Espanha é um destino extremamente seguro para visitantes, e as ilhas de Maiorca e Menorca não é excepção.

Aqui, como nos restantes locais mais populares do país, recomendamos apenas que tenhas especial atenção aos teus pertences em zonas mais movimentadas ou nas praias e que nunca aceites uma viagem de táxi sem que o contador esteja devidamente ligado. Para além disso, nunca peças nada num restaurante, especialmente nas zonas mais turísticas, sem que te seja apresentado primeiro o menu, sob o risco de poderes vir a ter uma surpresa indigesta no final da tua refeição.

Onde dormir em Maiorca e Menorca – Hotéis e Alojamentos

Numa Europa cada vez mais cara e exclusiva, Maiorca e Menorca mantêm-se como dois excelentes destinos de praia, ainda ao alcance dos bolsos de muitos portugueses. Ainda assim, isto não significa que as ilhas não fiquem substancialmente mais caras durante a época alta, uma realidade que afecta todos os quadrantes económicos, com especial destaque para o alojamento.

Assim sendo, deixamos abaixo algumas opções de alojamento interessantes para cada uma das principais cidades das ilhas:

Hotéis em Palma de Mallorca

Hotéis em Soller

Hotéis em Alcúdia

Hotéis em Mahon

Hotéis em Ciutadella

Nota: Se usares os links acima para fazer as reservas do teu alojamento, estás-nos a dar uma ajuda preciosa sem pagar mais por isso 🙂

Transporte entre os aeroportos de Maiorca e Menorca e os centros das cidades

Do Aeroporto de Maiorca para o centro de Palma de Maiorca

A forma mais fácil de viajares entre o Aeroporto de Maiorca e o centro da capital da ilha passa por utilizares a Linha A1 da rede local de autocarros, cujos veículos partem junto à saída do terminal de chegadas. Durante a época alta (01 de Maio a 31 de Outubro), estes autocarros operam entre as 06h00 e as 02h00, partindo com uma frequência que varia entre os 15 e os 30 minutos. A viagem até ao porto de Palma de Maiorca – a estação final – tem a duração de 20-30 minutos e os bilhetes custam 5,00€ (8,00€ se comprares ida-e-volta), podendo ser adquiridos directamente ao motorista. Se pretenderes ficar pelo centro, podes sair na estação Plaça d’Espanya.

Em alternativa, se aterrares em Maiorca fora do horário de operação do autocarro, ficarás dependente de um serviço de táxi. O mesmo trajecto deverá custar à volta de 25€.

Do Aeroporto de Menorca para o centro de Mahon

A única forma de viajar de transporte público desde o Aeroporto de Menorca até ao centro da cidade de Mahon é através da utilização da linha 10 do autocarro da companhia local Autocares Torres. A paragem fica situada junto ao terminal de chegadas. Estes veículos partem com uma cadência de 30 minutos, operando diariamente entre as 05h55 e as 00h15. A duração total da viagem ronda os 15 minutos e o preço do bilhete é de 2,65€.

Para algo mais confortável, podes sempre recorrer a um serviço de táxi, sendo que a tarifa-base deverá começar nos 13€.

Guia de Viagem de Maiorca e Menorca – Transportes e deslocações

Autocarro Funchal

Embora Maiorca desfrute de um sistema de transportes públicos diversificado e relativamente abrangente, a realidade é que terás sempre um determinado nível de dificuldade para conseguir chegares a todos os locais que pretendas visitar se te cingires apenas aos transportes públicos. Esse desafio é ainda mais gritante em Menorca, onde os transportes não são tão frequentes.

Por essa razão, e por questões de maximização de autonomia e flexibilidade, alugares o teu próprio veículo é a escolha mais acertada.

Autocarros públicos em Maiorca e Menorca

Famosos pela sua característica cor amarela e vermelha, os Autocarros TIB asseguram as ligações terrestres entre as várias localidades da ilha de Maiorca. Os bilhetes podem ser comprados no momento do embarque no veículo, seja em numerário, directamente ao motorista, ou através de um cartão de pagamento contactless, sendo a tarifa automaticamente debitada no final da viagem. Tem atenção que deverás validar o teu cartão tanto à entrada, como à saída do autocarro.

Actualmente, é também possível efectuares a compra do teu bilhete online, desfrutando de um desconto de 40% face ao valor oficial de venda para compras em dinheiro (os pagamento feitos com cartões contactless também usufruem desse desconto). O preço final irá depender do número de zonas atravessadas, variando os valores entre 1,80€ (0 zonas – 3,00€ se pago em dinheiro) e os 5,40€ (4 zonas – 9,00€ se pago em dinheiro). Para além disso, poderás fazer um máximo de 2 transbordos dentro da mesma viagem, permanecendo válido o título inicial até ao limite temporal máximo de 60 minutos. Tem também em atenção que cada bilhete é intermodal, pelo que poderás fazer transbordo para o metro ou comboio, dentro das mesmas regras.

Para planeares atempadamente o teu trajecto, confirmando os pontos de entrada/saída, os horários e as distâncias, poderás utilizar a ferramenta disponível no site oficial da TIB.

Já no que toca a Menorca, os serviços terrestres são garantidos pela TMSA, ligando os maiores aglomerados populacionais da pequena ilha. O preço dos bilhetes varia de acordo com a extensão do trajecto, oscilando entre 1,35€ para percursos dentro da mesma vila/cidade, e os 7,00€ para a viagem nocturna entre Sant Lluís e Ciutadella, situadas em extremos opostos de Menorca (a uma distância de 50km).

Também aqui, é possível consultar horários, ligações e tarifas no site oficial da TMSA.

Metro de Palma de Maiorca

Embora seja oficialmente o sistema de metropolitano mais pequeno de Espanha, o metro de Palma de Maiorca providencia uma forma bastante simples e prática de te deslocares pela capital da ilha. Composto por apenas 2 linhas, o serviço está disponível diariamente entre as 06h30 e as 21h30. Os bilhetes são de utilização única e têm o custo de 1,80€.

Comboios em Maiorca

À semelhança do metro, também o sistema de comboios de Maiorca é relativamente limitado, conectando apenas as cidades de Palma de Maiorca, Inca, Sa Pobla e Manacor (parando em várias localidades pelo caminho). O único trajecto directo verifica-se entre Palma e Inca, sendo depois necessário fazer transbordo consoante se pretenda seguir para norte (Sa Pobla) ou para sul (Manacor).

À semelhança dos autocarros intercidades, também aqui o preço do bilhete varia consoante as distâncias e zonas atravessadas, podendo oscilar entre 1,80€ e 5,40€.

Para além destas linhas, sugerimos ainda a utilização do Tren de Soller, uma linha cénica que liga a capital de Palma de Maiorca à adorável vila montanhosa de Soller. O percurso, feito no interior de carruagens históricas originalmente datadas de 1912, atravessa várias encostas e desfiladeiros da Serra de Tramuntana, sendo uma das travessias ferroviárias mais bonitas da Europa. O percurso tem a duração de 25 minutos e custa 18€ ida, partido desde a Praça de Espanha.

Ferries entre Maiorca e Menorca

Durante a época alta, existem pelo menos 6 ligações diárias (para cada lado) entre as ilhas de Maiorca e Menorca. Consoante o tipo de barco, a viagem poderá durar entre 1h e 3h30, variando também os preços em concordância com a rapidez do trajecto. Assim, poderás contar com valores entre os 50€ e os 95€ por pessoa, por trajecto.

As ligações são asseguradas por várias companhias diferentes, das quais se destacam a Balearia, a Menorca Lines e a TrasMed. Podes comparar preços e horários no agregador Ferry Hopper.

Aluguer de carro ou scooter em Maiorca e Menorca

Finalmente, a opção que tende a recolher maior unanimidade entre os visitantes e a que mais recomendamos neste guia de viagem de Maiorca e Menorca. Já se sabe – no que toca a conveniência e espontaneidade, não há nada como termos o nosso próprio veículo em viagem!

Um pouco por toda a ilha, irás encontrar alocadoras onde é possível alugar vários tipos de veículos motorizados, como carros ou scooters. No entanto, e antes de tomares uma opção puramente baseada nas tuas preferências pessoais ou orçamento, é importante que tenhas em atenção o terreno das regiões que irás visitar, bem como o teu nível de experiência com o veículo em questão.

No caso do interior Menorca e na Serra Tramuntana (Maiorca), regiões marcadas por zonas montanhosas de grande inclinação e curvas cegas, alugar uma scooter com menor potência talvez não seja boa ideia, uma vez que poderás não conseguir fazer as subidas mais íngremes em alguns dos locais onde terás obrigatoriamente que passar. Para além disso, tem em atenção que existe a obrigatoriedade de apresentação de carta de motociclo para o aluguer de qualquer moto de cilindrada superior a 125cc. Por outro lado, e de acordo com a lei espanhola, basta uma carta de condução do tipo B para poderes alugar um exemplar de 50cc, sendo que, se optares por uma moto de 125cc, terás que estar munido de uma licença de condução do tipo A OU uma carta do tipo B tirada há mais de 3 anos.

Assim, caso pretendas alugar uma scooter, poderás consultar as seguintes empresas locais:

Quanto a carros, podes consultar preços e disponibilidade em Rentalcars.com!

O que comer em Maiorca/Menorca – gastronomia local

Sem surpresas, face à proximidade geográfica e cultural, as gastronomias de Maiorca e Menorca são permutáveis entre si, primando pelos mesmos ingredientes, sabores e notas. Para além do peixe e do marisco, ambas as ilhas privilegiam a cultura castelhana das tapas, pequenos petiscos nos quais tentam imiscuir os seus alimentos e métodos de preparação típicos.

Posto isto, e antes de começares qualquer refeição em território balear, é obrigatório provar algumas destas famosas tapas, com destaque para o Queijo de Mahon, curado e forte; a Sobrasada, um enchido macio de porco preto e paprika, tipicamente servido nos moletes locais chamados Llonguet; o Pa amb oli, uma espécie de “bruschetta à espanhola”; as Panades, pequenas empadas habitualmente recheadas com carne; ou o Trampo, uma salada local feita com tomate e pimento.

Já para algo um pouco mais composto, e começando com as carnes, não podes deixar de provar o Arros Brut, um prato de arroz caldoso servido com legumes e qualquer tipo de carne (frango, porco, coelho – vale tudo!); o Leitão Assado; o Llom amb Col, um petisco de lombo de porco e enchidos enrolados em folha de couve e depois cozinhados numa marinada de tomate e vinho; ou o Frit Mallorqui, um prato de batatas e legumes temperados e fritos juntamente com miudezas de porco, como fígado, sangue ou pulmões. Pode não parecer o prato mais apetitoso do mundo, mas tem um significado cultural bastante grande, uma vez que estas eram as partes que não podiam ser fumadas ou curadas após a matança do porco, sendo por isso utilizadas prontamente para uma refeição comunitária no dia do evento. No lado do peixe, os pratos mais requisitados são a Caldereta de Langosta, um estufado de lagosta servido num caldo encorpado com pão; ou o Arros caldos amb peix, um arroz de peixe e mariscos.

Se no meio disto tudo ficares com pena do teu amigo vegetariano, podes sempre pedir-lhe Tumbet, um prato tipicamente mediterrânico feito com fatias de beringela, batata, pimento vermelho e curgete, servidas com um molho de tomate, alho e azeite. Há quem argumente que esta é só mais uma versão do Ratatouille, mas recomendamos que não digas isto a nenhum Maiorquino!

Tesouros Escondidos de Maiorca e Menorca

Apesar de ambas serem extremamente populares e turísticas, é ainda possível descobrir alguns locais extraordinários que continuam a fugir aos radares do turismo massificado em Maiorca e Menorca. Assim sendo, queremos apresentar-te alguns locais menos reconhecidos do grande público, para que possas ficar verdadeiramente a conhecer o que de melhor estas magníficas Ilhas Baleares têm para oferecer!

Assim sendo, decidimos acrescentar os seguintes pontos ao nosso guia de viagem de Maiorca e Menorca:

  • Cala Banyalbufar
  • Valldemossa
  • Deia
  • Artá
  • Arco de Es Pontas
  • Mirador Es Colomer
  • Estrada MA 2141 entre Sa Calobra to Gord Blau

Melhores praias das ilhas de Maiorca e Menorca

Melhores praias de Maiorca

  • Cala Deià: Uma pitoresca enseada rochosa situada na costa noroeste de Maiorca, a Cala Deià é cercada por penhascos e pinheiros. A praia em si é pequena, mas as suas águas azuis cristalinas são perfeitas para nadar ou fazer snorkeling.
  • Praia de Formentor: Situada numa localização deslumbrante, em pleno Cabo Formentor, ali bem no extremo norte de Maiorca, esta praia é um verdadeiro encanto. Rodeada de floresta e pela imponente Serra de Tramuntana, é o local ideal para desfrutar de um ambiente sossegado.
  • Cala Mesquida: Uma ampla praia de areia fina na costa nordeste de Maiorca, a Cala Mesquida é cercada por dunas e pinheiros. Esta praia é ideal para famílias com crianças, pois as águas rasas são óptimas para que os mais pequenos possam brincar sem que sejam necessários cuidados redobrados.
  • Cala Ferrera: Uma pequena baía abrigada no sudeste de Maiorca, o caminho até à Cala Ferrera é quase tão impressionante quanto o areal em si, “obrigando” os banhistas a percorrer um trilho panorâmico.
  • Cala S’Amarador: Localizada em pleno Parque Natural de Mondragó, esta praia recebeu em 2008 o título de melhor praia da Europa. À primeira vista, não é difícil perceber porquê! Mar turquesa, areia dourada e uma extensão generosa… não há absolutamente nada para não gostar!
  • Cala Figuera: Embora não seja tecnicamente uma praia no sentido exacto do termo, a Cala Figuera é uma pitoresca e minúscula baía com entrada directa para o mar, situada juntinho à vila piscatória do mesmo nome. Esta zona é também bastante popular entre hikers.
  • Cala Llombards: Gentilmente pousada na profundidade de uma baía com mais de 200 metros, o ambiente em redor desta praia mais se assemelha a um mini-fiorde. Apesar de toda a área ser bastante rochosa, e de forma surpreendente, o areal é fino e macio.
  • Cala Blava: Isolada do turismo massificado, a Cala Blava é ainda relativamente desconhecida, razão pela qual está, geralmente, bastante mais vazia e sossegada que as suas congéneres. Para além do sol e do mar, é também possível fazer caminhadas lúdicas pelos rochedos que a rodeiam.
  • Cala Pi: Uma pequena enseada de areia localizada na costa sul de Maiorca, as águas da Cala Pi lembram um wadi do Médio Oriente, com o curso da água a serpentear vagarosamente por estre as falésias. Tem em atenção que é necessário percorrer uma longa e íngreme escadaria para completares o acesso.

Melhores praias de Menorca

  • Praia de Son Bou: Na costa sul de Menorca encontra-se a extensíssima Praia de Son Bou, considerada a maior de toda a ilha. Ao passo que o lado este do areal tem todas as comodidades que possas pensar, o lado oeste é bastante mais vazio e subdesenvolvido, perfeito para um ambiente mais intimista.
  • Cala Mitjana: Escondida numa pequena baía rodeada de pinheiros perfumados, a Cala Mitjana oferece aos visitantes um refúgio isolado, marcador por areia fina intocada e águas cristalinas. Para lá chegares, terás que deixar o teu veículo em Cala Galdana e caminhar durante o percurso remanescente (cerca de 15 minutos).
  • Cala Macarelleta: Considerada uma das praias mais belas de Menorca, é impossível não ficar surpreendido com a sua popularidade, apesar do seu relativo isolamento. Também aqui, terás que percorrer a pé parte do percurso do Cami de Cavalls, uma vez que a estrada não está acessível a veículos motorizados.
  • Cala Turqueta: Uma baía em forma de lua crescente na costa sul de Menorca, a Cala Turqueta oferece um cenário pitoresco com a sua fina areia dourada e águas translúcidas turquesa. Aliás, o próprio nome da praia deriva da cor apelativa do seu mar. Apenas mais uma razão para não perderes esta cala!
  • Praia Cavalleria: Passando ao norte da ilha, a Praia Cavalleria oferece um ambiente selvagem e desconhecido, ou não estivesse enquadrada numa área natural protegida. Talvez por isso, as redondezas e serviços não são tão desenvolvidos quanto noutras zonas de Menorca, embora a praia continue a atrair multidões nos dias mais quentes.
  • Cala Pregonda: Isolada e intocada, a Cala Pregonda é uma pequena enseada na costa norte de Menorca, famosa pela sua areia de cor avermelhada, em perfeito contraste com o azul forte do mar. Cercada por rochas e falésias, e habitualmente imune às multidões de outras paragens, é perfeita para os que procuram um cenário tranquilo de beleza natural.
  • Cala Pilar: Apenas acessível através de um caminho de cerca de 30 minutos pelo meio do mato e arvoredo, esta é uma praia que merece todo o teu esforço. Afinal, este isolamento acaba por afastar muitos visitantes, deixando-te bastante mais à vontade para explorar o seu areal de tom ligeiramente avermelhado e até fazer snorkeling nas suas águas protegidas.

Roteiros de 5 dias ou 1 semana (7 dias) de Maiorca e Menorca

Para não tornarmos este texto demasiado extenso, resolvemos criar um artigo autónomo para cada itinerário.

Podes consultar cada uma das opções seguindo as ligações abaixo:

Seguro de Viagem

Para contratar o teu seguro de viagem, aconselhamos a IATI, com uma excelente gama de seguros, incluíndo aquela que é, provavelmente, a melhor cobertura do mercado. 

Se reservares connosco, através deste link, tens 5% de desconto no teu seguro e, ao mesmo tempo, dás-nos uma ajuda preciosa 🙂

Consulta do Viajante

Aconselhamos a marcar a tua consulta na Consulta do Viajante Online. Insere o código flamingo para teres 5% de desconto em consultas para 2 ou mais pessoas.

Tours & Atividades

Reserva já os teus tours ou atividades no Viator, do grupo Tripadvisor! E ao fazê-lo estás-nos a dar uma grande ajuda 🙂

Queres receber notificações acerca de novas ofertas?

Regista-te e decide a frequência de envio. Não vamos enviar spam!

Sugestões de viagem