Guia de viagem de Tenerife – Transportes, praias, hotéis, restaurantes + roteiro de 4 e 7 dias 🇪🇸

  • 11.05.2023 16:00
  • Bruno A.

Guia de viagem de Tenerife com todas as informações relativas a hotéis, restaurantes, transportes, segurança, melhores praias e muito mais. Em suma, tudo o que precisas de saber antes de agendares a tua viagem para esta ilha no arquipélago das Canárias, incluindo roteiros de 4 e 7 dias.

Queres receber notificações acerca de novas ofertas?

Regista-te e decide a frequência de envio. Não vamos enviar spam!

Situada bem junto à costa africana do Saara Ocidental, Tenerife é a maior e mais populosa das Ilhas Canárias. Um destino de férias por excelência, atraindo largos milhões de visitantes todos os anos, Tenerife é bastante popular pelo seu tempo quente, praias paradisíacas e natureza intocada.

No entanto, ninguém se deixe enganar – Tenerife é muito mais que sol, praia e calor! Por entre as águas turquesa e vastos areais negros, escondem-se dezenas de vilas históricas coloniais, trilhos e desfiladeiros de fazer cair o queixo e uma das mais extraordinárias zonas vulcânicas de toda a Europa.

Posto isto, se estás de partida para esta fabulosa ilha, o nosso guia de viagem de Tenerife é ideal para ti! Para além das informações habituais sobre hotéis, restaurantes, praias e transportes públicos, incluímos ainda dois roteiros completo com tudo o que deves fazer em Tenerife em 4 ou em 7 noites (ou 1 semana).

Guia de Viagem de Tenerife, Espanha

Como chegar a Tenerife – Voos desde Portugal

Dada a fama absolutamente monumental de Tenerife no que toca ao turismo, a ilha é servida por nada menos que 2 aeroportos internacionais: o Aeroporto Tenerife-Norte e o Aeroporto Tenerife-Sul.

Assim, e directamente de Portugal, é possível voar para Tenerife-Norte desde Lisboa (Vueling) e Funchal (Binter Canarias); e/ou para Tenerife-Sul desde Lisboa (TAP) e Porto (Ryanair)

Guia de Viagem de Tenerife – Melhor altura para ir a Tenerife

À semelhança de praticamente todas as restantes Ilhas Canárias, também Tenerife é extremamente mais popular durante o Verão, quando comparativamente aos níveis de turismo recebidos durante o resto do ano. Aliás, a esmagadora maioria das ligações aéreas a esta ilha é de cariz sazonal! No entanto, como mostram a subida exponencial de preços e a confusão constante, poderá valer a pena evitar os meses de Julho e Agosto, para bem da tua carteira e saúde mental. Para além disso, o calor pode ser absolutamente abrasador durante o pico do Verão, afectando de sobremaneira a tua experiência!

Posto isto, e para que possas à mesma aproveitar as praias e bom tempo da região sem sentires que estás a caminhar numa terra-fantasma, sugerimos que agendes a tua visita para a denominada “shoulder-season”, com destaque para os meses de Maio-Junho e de Setembro-Outubro. No entanto, e mesmo que visites em época baixa, ainda que o tempo possa não ser ideal para idas a banhos, poderás sempre contar com temperaturas amenas e tempo solarengo!

Guia de Viagem de Tenerife – Documentos necessários

Uma vez que continuarás dentro da União Europeia, não te é exigida a apresentação de passaporte para poderes viajar, bastando apenas que estejas na posse de cartão de cidadão válido.

Descobre mais: Vais viajar e tens o Passaporte ou Cartão de Cidadão caducado ou perdido? Vê aqui o que podes fazer

Guia de Viagem de Tenerife – Roaming em viagem

Estando o país vinculado às regras de roaming da UE, não te será cobrada qualquer taxa de roaming durante a tua visita a Espanha.

Assim sendo, poderás simplesmente utilizar o teu cartão (quase) como se estivesses em Portugal (os dados das apps que as operadoras portuguesas contam num plafond separado, passam a contar para o teu plafond principal de dados. Isto significa que se tiveres 5GB de dados + 15GB para apps, enquanto estiveres em Tenerife esses dados vão ser retirados aos 5GB e não aos 15GB).

Guia de Viagem de Tenerife – Taxas bancárias e orçamento de viagem

Uma vez que Espanha faz parte da Zona Euro, o conjunto de países onde é utilizada a moeda única, poderás utilizar o teu cartão de crédito/débito português para fazer levantamentos e pagamentos no destino sem que te seja cobrada qualquer taxa de conversão.

Assim sendo, terás apenas que ter em atenção potenciais taxas cobradas pelo banco emissor da própria caixa automática onde fizeres o levantamento. Contudo, e sempre que haja lugar ao pagamento de qualquer comissão deste tipo, essa informação é descortinada antes de confirmares o levantamento, o que significa que podes sempre cancelá-lo e procurar outra caixa. Tem especial atenção às caixas da Euronet, que cobram uma comissão fixa por levantamento com cartão estrangeiro.

Por outro lado, se precisas de ajuda a manter o orçamento de viagem sob controlo, recomendamos neste guia de viagem de Ibiza a utilização do cartão Revolut. Ainda que neste país não possas usufruir da principal vantagem deste produto – levantamentos em moeda estrangeira sem taxas de conversão – continua ainda assim a ser uma ferramenta útil.

Através da aplicação do banco online, terás acesso imediato a todos os gastos e ao saldo da tua conta, monitorizando assim os teus gastos diários. Para além disso, poderás carregar o cartão apenas com o valor que esperas gastar (por dia ou na viagem), evitando assim que gastes mais do que aquilo que esperavas e limitando também o valor que podes perder em caso de roubo ou fraude.

Descobre mais: Dicas para viajantes: Tudo que precisas de saber sobre o Cartão Revolut

Guia de Viagem de Tenerife – esquemas e burlas mais comuns

No cômputo geral, Espanha é um destino extremamente seguro para visitantes, e Tenerife não é excepção.

Aqui, como nos restantes locais mais populares do país, recomendamos apenas que tenhas especial atenção aos teus pertences em zonas mais movimentadas ou nas praias e que nunca aceites uma viagem de táxi sem que o contador esteja devidamente ligado. Para além disso, nunca peças nada num restaurante, especialmente nas zonas mais turísticas, sem que te seja apresentado primeiro o menu, sob o risco de poderes vir a ter uma surpresa indigesta no final da tua refeição.

Onde dormir em Tenerife – Melhores hotéis e alojamentos em Tenerife

Numa Europa cada vez mais cara e exclusiva, Tenerife mantem-se como um excelente destino de praia, ainda ao alcance dos bolsos de muitos portugueses. Ainda assim, isto não significa que a ilha não fique substancialmente mais cara durante a época alta, uma realidade que afecta todos os quadrantes económicos, com especial destaque para o alojamento.

Assim sendo, deixamos abaixo algumas opções de alojamento interessantes para cada uma das principais cidades da ilha:

Guia de Viagem de Tenerife – Hotéis em Santa Cruz de Tenerife

Guia de Viagem de Tenerife – Hotéis na Costa Adeje

Guia de Viagem de Tenerife – Hotéis em Puerto de la Cruz 

Nota: Se usares os links acima para fazer as reservas do teu alojamento, estás-nos a dar uma ajuda preciosa sem pagar mais por isso 🙂

Guia de Viagem de Tenerife – Transporte entre os aeroportos e o centro de Santa Cruz

Do Aeroporto de Tenerife-Norte para o centro de Santa Cruz

A forma mais fácil de viajares entre o Aeroporto de Tenerife-Norte e o centro da capital da ilha passa por utilizares a Linha 20 da rede de autocarros TITSA, cujos veículos partem junto à saída do terminal de chegadas. Estes autocarros operam entre as 05h35 e as 00h45, partindo com uma frequência que varia entre os 30 (durante o dia) e os 60 minutos (durante a noite). A viagem tem a duração de 25 minutos e os bilhetes custam 2,65€, podendo ser adquiridos directamente ao motorista.

Em alternativa, se aterrares em Tenerife fora do horário de operação do autocarro, ficarás dependente de um serviço de táxi. O mesmo trajecto deverá custar à volta de 20€-25€.

Por outro lado, se pretenderes deslocar-te a outros pontos da ilha, podes também contar com as seguintes linhas aeroportuárias:

  • Puerto de la Cruz – Linha 30 (4,75€ – 35 minutos)
  • Costa Adeje – Linha 343 (10€ – 1h15)

Do Aeroporto de Tenerife-Sul para o centro de Santa Cruz

A única forma de viajar de transporte público desde o Aeroporto de Tenerife-Sul até ao centro da cidade de Santa Cruz é através da utilização da linha 10 do autocarro da companhia local TITSA. A paragem fica situada junto ao terminal de chegadas. Estes veículos partem com uma cadência de 30 minutos, operando diariamente entre as 05h10 e as 21h40. A duração total da viagem ronda os 60 minutos e o preço do bilhete é de 9,35€. Em alternativa, podes também utilizar a linha 111, cujo bilhete tem o custo de 7,60€.

Para algo mais confortável, podes sempre recorrer a um serviço de táxi, sendo que a tarifa poderá facilmente aproximar-se dos 100€.

Por outro lado, se pretenderes deslocar-te a outros pontos da ilha, podes também contar com as seguintes linhas aeroportuárias:

  • Puerto de la Cruz – Linha 343 (14,60€ – 90 minutos)
  • Costa Adeje – Linhas 343, 111, 40 e 711 (3,70€ – 40 minutos)

Guia de Viagem de Tenerife – Transportes e deslocações

Embora Tenerife desfrute de um sistema de transportes públicos relativamente abrangente, a realidade é que terás sempre um determinado nível de dificuldade para conseguir chegares a todos os locais que pretendas visitar se te cingires apenas aos autocarros locais.

Por essa razão, e por questões de maximização de autonomia e flexibilidade, alugares o teu próprio veículo é a escolha mais acertada.

Autocarros públicos em Tenerife

Considerado o principal transporte colectivo da ilha, os autocarros da TITSA permitem-te chegar aos principais centros urbanos de Tenerife. Felizmente, a empresa dispõe de um website bem organizado e que poderás consultar para confirmar rotas disponíveis, horários e bilhetes. Para além disso, o sistema da transportadora está integrado no Google Maps, o que significa que podes ver ao vivo qual a linha que deves apanhar e a localização da respectiva paragem.

Quanto a preços, e naturalmente, os valores variam consoante as distâncias percorridas. No entanto, e dependendo das viagens que tenhas programadas para a tua aventura, poderá valer a pena comprar um título diário (10€) ou semanal (50€ – 7 dias). Em alternativa, ao invés de comprares m título individual para cada viagem, podes adquirir um cartão Ten+ e carregá-lo com o valor que pretendas. A cada viagem que faças, o montante é automaticamente descontado do teu saldo no final do trajecto. Podes comprar este cartão, bem como os títulos diários e semanais, nas máquinas de venda automática, gabinetes da TITSA, estações de eléctrico ou na app oficial da Ten+, utilizando o teu telemóvel como bilhete de transporte.

Por fim, deixamos abaixo referência às linhas e preços para as deslocações contempladas nos nossos itinerários (excluindo as travessias de/para aeroporto):

  • Santa Cruz – San Cristobal: Linha 15, 102 ou 103 – 1,65€
  • San Cristobal – Puerto de la Cruz: Linha 102 ou 103 – 4,10€
  • Puerto de la Cruz – Monte Teide: Linha 348 – 6,20€
  • Monte Teide – Costa Adeje: Linha 342 – 8,05€
  • Costa Adeje – Los Gigantes – Costa Adeje: Linha 473 ou 477 – 6,50€ (ida-e-volta)
  • Costa Adeje – Icod de los Vinos: Linha 460 – 7,00€
  • Icod de los Vinos – Puerto de la Cruz: Linha 354 ou 363 – 3,60€

Tem também em atenção que não incluímos a deslocação entre Costa Adeje e Masca, uma vez que a mesma implicaria a perda de várias horas na estrada (ida-e-volta). Recomendamos apenas visitar a vila montanhosa de Masca se estiveres munido do teu próprio veículo.

Eléctrico em Tenerife

Embora de extensão extremamente limitada, o eléctrico de Tenerife pode ser uma boa opção para a deslocação entre a capital Santa Cruz e San Cristobal de La Laguna. Existem várias paragens espalhadas pelo centro de Santa Cruz, terminando a viagem na estação La Trinidad, já em San Cristobal.

Os bilhetes têm o custo unitário de 1,35€ e podem ser comprados nas mesmas plataformas mencionadas acima para os títulos de autocarro.

Aluguer de carro ou scooter em Tenerife

Finalmente, a opção que tende a recolher maior unanimidade entre os visitantes e a que mais recomendamos neste guia de viagem de Tenerife. Já se sabe – no que toca a conveniência e espontaneidade, não há nada como termos o nosso próprio veículo em viagem!

Um pouco por toda a ilha, irás encontrar alocadoras onde é possível alugar vários tipos de veículos motorizados, como carros ou scooters. No entanto, e antes de tomares uma opção puramente baseada nas tuas preferências pessoais ou orçamento, é importante que tenhas em atenção o terreno das regiões que irás visitar, bem como o teu nível de experiência com o veículo em questão.

No caso do interior de Tenerife, especialmente junto ao Parque Nacional do Teide e à vila montanhosa de Masca, regiões marcadas por zonas de grande inclinação e curvas cegas, alugar uma scooter com menor potência talvez não seja boa ideia, uma vez que poderás não conseguir fazer as subidas mais íngremes em alguns dos locais onde terás obrigatoriamente que passar. Para além disso, tem em atenção que existe a obrigatoriedade de apresentação de carta de motociclo para o aluguer de qualquer moto de cilindrada superior a 125cc. Por outro lado, e de acordo com a lei espanhola, basta uma carta de condução do tipo B para poderes alugar um exemplar de 50cc, sendo que, se optares por uma moto de 125cc, terás que estar munido de uma licença de condução do tipo A OU uma carta do tipo B tirada há mais de 3 anos.

Assim, caso pretendas alugar uma scooter, poderás consultar as seguintes empresas locais:

Quanto a carros, podes consultar preços e disponibilidade em Rentalcars.com!

O que comer em Tenerife – gastronomia local

Como seria de esperar, ou não fosse Tenerife uma ilha, o principal componente da sua gastronomia típica passa pelos peixes locais. Para além disso, e tendo em conta a sua localização estratégica junto à costa africana e antes do território continental europeu, Tenerife servia muitas vezes de ponto de paragem para as embarcações vindas de outras partes do globo, especialmente da América. Talvez por isso, notarás que alguns dos pratos locais têm bastantes semelhanças com algumas das iguarias típicas de muitos países da América Latina.

Assim, e sem mais demoras, recomendamos que comeces por provar as Patatas Arrugadas, a entrada/acompanhamento mais popular da ilha. Cozidas em água e sal grosso, são depois assadas até se criar uma camada estaladiça junto à pele. Mantendo-nos no campo dos aperitivos, Tenerife é também bastante popular pelo seu Queijo de Cabra, que pode ser panado e depois grelhado ou frito em imersão, e servido com uma colherada de mel para equilibrar os sabores fortes; e pelas suas Croquetas Caseras, pequenos croquetes de batata e presunto. E aqui convém mencionar que praticamente todas as entradas (e muitos pratos principais) são acompanhados de Mojos, uma verdadeira instituição de Tenerife e provavelmente o elemento mais famoso da sua cozinha. Todos estes molhos locais têm uma base de pimento, azeite, vinagre, alho e sal (bem como um pouquinho de pão seco, para engrossar). A partir daqui passa a valer tudo, sendo que os mojos mais apreciados são o picón (com pimenta cayenne), o verde (com coentro e cominhos) e o negro (feito com alho da mesma cor).

Quanto a pratos principais, e para além dos famosos Peixes Grelhados, sempre acompanhados do respectivo mojo, vale também a pena experimentar Conejo al Almorejo, um prato de coelho estufado numa marinada de vinho branco, tomate, pimentos, alho e tomilho; Arroz a la Cubana, um petisco super-simples feito com arroz, ovos estrelados, carne picada, salsichas de porco e banana frita; e Ropa Vieja, um gigantesco estufado feito com grão-de-bico, batatas e legumes, aos quais são depois adicionadas várias carnes que originalmente haviam sobrado da noite anterior (daí o nome “roupa velha”).

Guia de Viagem de Tenerife – Tesouros Escondidos da ilha

Para não fugir à rotina, fazemos questão de incluir alguns locais menos conhecidos de Tenerife, para que possas ficar verdadeiramente a conhecer o que de melhor esta fabulosa ilha tem para oferecer. Evidentemente, todos os sítios habituais farão também parte do nosso roteiro (por alguma razão são tão populares), mas não deixa de ser boa ideia diversificar um pouco!

Assim sendo, decidimos acrescentar os seguintes pontos ao nosso guia de viagem de Tenerife:

  • Parque Rural de Anaga
  • Acantilados de los Gigantes
  • Desfiladeiro de Masca
  • Garachico
  • Orotava

Guia de Viagem de Tenerife – Melhores praias de Tenerife

  • Praia de Benijo: Uma praia de areia preta remota e pitoresca, aninhada entre penhascos imponentes em pleno Parque Rural Anaga. É famosa pela sua ondulação forte, ideal para surfistas e outros amantes de desportos aquáticos.
  • Praia de Las Teresitas: Situada nas proximidades da capital da ilha, Las Teresitas é, na realidade, uma praia construída de forma artificial, com palmeiras plantadas propositadamente e areia importada de África (o que explica o facto de ter uma cor tão clara). Seja como for, é uma das mais belas de Tenerife.
  • La Tejita: Podes encontrar esta praia bem junto ao resort de El Médano, bem no sul da ilha. É flanqueada pela espectacular Montanha Vermelha, que contrasta na perfeição com o azul-turquesa do mar. Parte da praia está reservada para os fãs do nudismo.
  • Praia de Las Vistas: Uma praia movimentada na zona de Los Cristianos, com uma marginal extremamente animada e todos os serviços e comodidades necessários para um dia tranquilo. Aqui, o mar é consideravelmente raso, sendo por isso perfeito para nadar e deixar as crianças um pouco mais à vontade.
  • Praia del Duque: Nas redondezas deste areal encontrarás alguns dos hotéis mais luxuosos de toda a Tenerife, sendo por isso um local extremamente popular e exclusivo na região da Costa Adeje. Como seria de esperar, a praia é limpa e bem mantida.
  • Los Gigantes: Uma praia deslumbrante de areia preta, situada sob penhascos imponentes, com águas cristalinas e uma atmosfera descontraída. É também do porto local que partem os principais tours de observação de baleias da ilha.
  • Praia Masca: De longe a mais isolada da nossa lista, é apenas possível aceder a esta praia de areia preta de barco ou através de uma lindíssima caminhada por entre um desfiladeiro. Cercada por precipícios dramáticos, oferece uma beleza natural intocada e um spot bastante bom para a prática de snorkeling ou mergulho.
  • Praia Jardin: Uma das praias mais populares da ilha, está cercada por um conjunto de jardins botânicos e tropicais projectados por Cesar Manrique. Entre mergulhos, podes sempre dar um passeio pelo espaço verde e desfrutar de vistas pitorescas do Monte Teide.

 

Guia de Viagem de Tenerife – Roteiros de 4 dias ou 1 semana (7 dias)

Para não tornarmos este texto demasiado extenso, resolvemos criar um artigo autónomo para cada itinerário.

Podes consultar cada uma das opções seguindo as ligações abaixo:

Seguro de Viagem

Para contratar o teu seguro de viagem, aconselhamos a IATI, com uma excelente gama de seguros, incluíndo aquela que é, provavelmente, a melhor cobertura do mercado. 

Se reservares connosco, através deste link, tens 5% de desconto no teu seguro e, ao mesmo tempo, dás-nos uma ajuda preciosa 🙂

Consulta do Viajante

Aconselhamos a marcar a tua consulta na Consulta do Viajante Online. Insere o código flamingo para teres 5% de desconto em consultas para 2 ou mais pessoas.

Tours & Atividades

Reserva já os teus tours ou atividades no Viator, do grupo Tripadvisor! E ao fazê-lo estás-nos a dar uma grande ajuda 🙂

Queres receber notificações acerca de novas ofertas?

Regista-te e decide a frequência de envio. Não vamos enviar spam!

Sugestões de viagem