Guia de viagem de Toulouse – O que ver e visitar em 2 dias 🇫🇷

  • 14.01.2024 22:05
  • Bruno A.

Guia de viagem de Toulouse que inclui informações acerca de hotéis, restaurantes e transportes, bem como um roteiro completo de 48 horas. O itinerário menciona tudo o que ver e fazer em Toulouse em 2 dias, com destaque para as principais atracções e pontos turísticos.

Queres receber notificações acerca de novas ofertas?

Regista-te e decide a frequência de envio. Não vamos enviar spam!

Apelidada de “Cidade Rosa”, por conta da cor da argila utilizada na construção da maioria dos seus edifícios históricos, Toulouse é uma adorável metrópole situada no sudoeste de França, e outro exemplo perfeito de um destino que pode perfeitamente ser experienciado com recurso a apenas um fim-de-semana.

Apesar do seu ar pristino e do ambiente relaxado, a condizer com a meteorologia habitual, Toulouse é, na verdade, a maior cidade deste recanto Francês, oferecendo por isso uma variedade bastante respeitável de locais para visitar e coisas para fazer.

Posto isto, convidamos-te a ler o nosso guia de viagem de Toulouse e descobrir o que de melhor a cidade francesa tem à tua espera, incluindo hotéis, restaurantes, dicas de viagem e ainda um roteiro completo de 2 dias com tudo o que deves visitar em Toulouse.

Guia de Viagem de Toulouse, França

Como chegar a Toulouse – Voos desde Portugal

Considerada uma das 5 maiores cidades de França, bem como o principal centro urbano do sudoeste do país, Toulouse é servida pelo Aeroporto Internacional Toulouse–Blagnac.

Partindo de Portugal, existem voos directos a partir de Lisboa (Easyjet, Ryanair e TAP), Porto (Easyjet e Ryanair) e Faro (Easyjet e Ryanair).

Quanto dias são necessários para visitar Toulouse?

Considerando a relativa proximidade geográfica, a dimensão da cidade e a quantidade de voos baratos desde o nosso país, Toulouse pode ser visto como um excelente destino de fim-de-semana.

Assim sendo, 2 dias serão suficientes para que possas explorar o que de melhor a cidade tem para oferecer. Caso tenhas um dia extra, podes sempre dar uma vista de olhos nas day trips disponíveis.

Melhor altura para visitar Toulouse

Estando situada no solarengo e agradável sudoeste francês, próximo da fronteira com a vizinha Espanha, ditam as regras que a melhor altura para visitar Toulouse coincida com as estações de Primavera, Verão e Outono, com o período compreendido entre os meses de Maio e Setembro a ser o mais apetecível. Contudo, e à semelhança do resto da Europa, os preços podem não ser os mais simpáticos no pico do Verão.

Em contrapartida, deverás então optar pela chamada shoulder-season, correspondente aos restantes meses de Primavera e Outono, quando as temperaturas tendem a ser mais equilibradas e o número de turistas (bem como os preços) mais baixos.

Documentos necessários para visitar Toulouse

Uma vez que continuarás dentro da União Europeia, não te é exigida a apresentação de passaporte para poderes viajar, bastando apenas que estejas na posse de cartão de cidadão válido.

Descobre mais: Vais viajar e tens o Passaporte ou Cartão de Cidadão caducado ou perdido? Vê aqui o que podes fazer

Carṭo SIM em Toulouse РRoaming em viagem

Estando o país vinculado às regras de roaming da UE, não te será cobrada qualquer taxa de roaming durante a tua visita a Toulouse.

Assim sendo, poderás simplesmente utilizar o teu cartão (quase) como se estivesses em Portugal (os dados das apps que as operadoras portuguesas contam num plafond separado, passam a contar para o teu plafond principal de dados. Isto significa que se tiveres 5GB de dados + 15GB para apps, enquanto estiveres em Toulouse esses dados vão ser retirados aos 5GB e não aos 15GB).

Dinheiro em Toulouse – Taxas bancárias e orçamento de viagem

Uma vez que a França faz parte da Zona Euro, o conjunto de países onde é utilizada a moeda única, poderás utilizar o teu cartão de crédito/débito português para fazer levantamentos e pagamentos no destino sem que te seja cobrada qualquer taxa de conversão.

Assim sendo, terás apenas que ter em atenção potenciais taxas cobradas pelo banco emissor da própria caixa automática onde fizeres o levantamento. Contudo, e sempre que haja lugar ao pagamento de qualquer comissão deste tipo, essa informação é descortinada antes de confirmares o levantamento, o que significa que podes sempre cancelá-lo e procurar outra caixa. Tem especial atenção às caixas da Euronet, que cobram uma comissão fixa por levantamento com cartão estrangeiro.

Por outro lado, se precisas de ajuda a manter o orçamento de viagem sob controlo, recomendamos neste guia de viagem de Toulouse a utilização do cartão Revolut. Ainda que neste país não possas usufruir da principal vantagem deste produto – levantamentos em moeda estrangeira sem taxas de conversão – continua ainda assim a ser uma ferramenta útil.

Através da aplicação do banco online, terás acesso imediato a todos os gastos e ao saldo da tua conta, monitorizando assim os teus gastos diários. Para além disso, poderás carregar o cartão apenas com o valor que esperas gastar (por dia ou na viagem), evitando assim que gastes mais do que aquilo que esperavas e limitando também o valor que podes perder em caso de roubo ou fraude.

Descobre mais: Dicas para viajantes: Tudo que precisas de saber sobre o Cartão Revolut

Segurança em Toulouse – esquemas e burlas mais comuns

Sem surpresa, Toulouse é um destino extremamente seguro, figurando de forma recorrente nos rankings das cidades mais seguras de França (já de si um destino perfeitamente preparado para receber anualmente milhões de visitantes). Para além disso, estando longe das paragens francesas com excesso de turismo, não tens que estar constantemente preocupado com carteiristas ou burlas/esquemas.

No entanto, é à vontade, mas não à vontadinha! Por mais segura que uma cidade seja, nunca deixes de parte o senso comum. Cuidado com os veículos sem taxímetro, tem especial atenção aos teus pertences em zonas movimentadas e nunca aceites ajudas de ninguém quando estiveres a utilizar o multibanco. No fundo, não faças nada que não farias em nenhuma outra cidade do mundo!

Onde dormir em Toulouse – Hotéis e Alojamentos

Tratando-se de uma das maiores cidades de França, Toulouse não é propriamente um destino simpático para quem viaje com um orçamento mais apertado. Embora os voos sejam extremamente baratos, o alojamento e as refeições estão longe de ser económicos. Seja como for, e se procurares com afinco suficiente, há sempre solução!

Posto isto, e se estás a priorizar a busca de um sítio para dormir na cidade, deixamos-te uma sugestão para cada categoria de classificação no nosso guia de viagem de Toulouse:

Transporte entre o aeroporto de Toulouse e o centro da cidade

Embora o aeroporto de Toulouse seja servido pela sua própria estação de eléctrico, a mesma está actualmente desactivada devido a obras de requalificação e expansão das linhas de metro da cidade, estando previsto que a situação se mantenha até 2026 (altura que o metropolitano chegará ao aeroporto). Assim sendo, e até lá, a forma mais prática de te deslocares entre o aeródromo e o centro da cidade passa por utilizares o Tisséo Airport Shuttle. Estes autocarros operam 24/7, com um novo veículo a sair a cada 15 minutos. A viagem tem a duração de 25-40 minutos, dependendo do trânsito, sendo que poderás sair nas estações de metro Jeanne d’Arc ou Jean Jaurès, ou na estação de comboios Marengo. Os bilhetes têm o custo de €9,00, e basta apenas passares o teu cartão de pagamentos contactless na máquina instalada no interior do veículo, sendo a tarifa automaticamente debitada da tua conta.

Por outro lado, se estás à procura da opção mais económica possível, poderás recorrer a uma combinação de autocarro e eléctrico. Para começar, deverás embarcar nos autocarros 30 ou 31, que partem do aeroporto. Independentemente da tua escolha, ambas as linhas deixar-te-ão numa estação da linha T1 do eléctrico/tram (autocarro 30 na estação Odyssud-Ritouret; autocarro 31 na estação Guyenne-Berry). De lá, vais então apanhar o tram em direcção ao Palais de Justice, saindo apenas última paragem. Aí, estarás a cerca de 20 minutos a pé do coração da cidade. Se não quiseres caminhar, podes sempre apanhar o metro no Palais de Justice (linha B – Amarela) na direcção de Borderouge, e sair em Jean Jaurès. Os transportes públicos de Toulouse operam entre as 05h30 e a meia-noite, em intervalos que variam entre os 10 e os 20 minutos. Quanto aos bilhetes, bastará um único título de transporte para completares todo o percurso (que tomará cerca de 50 minutos). Esse título tem o custo de €1,80 e pode ser adquirido nas bilheteiras do aeroporto, directamente ao motorista (troco certo) ou por via digital através da app da Tisséo.

Guia de viagem de Toulouse – Transportes públicos

Como já deu para perceber pelas explicações dadas acima, Toulouse é servida por uma rede bastante abrangente de transportes públicos, que incluem metro, eléctrico e autocarro. No entanto, do ponto de vista turístico, essas opções acabam por não ter grande utilidade se ficares hospedado no coração da cidade, uma vez que o centro histórico é bastante compacto e fácil de percorrer a pé.

De qualquer das formas, e caso seja útil, optámos por fazer um apanhado dos sistemas locais de metro e eléctricos/trams.

Metro e Eléctrico em Toulouse – Mapas, preços e bilhetes diários

Apesar de ser servida por ambos os sistemas, a verdade é que, em conjunto, o metropolitano e a eléctrico/tram de Toulouse são compostos por apenas 3 linhas (2 de metro, 1 de eléctrico), com uma linha adicional de metro planeada para 2026. Para além de ambos os transportes serem extremamente úteis para o transporte de passageiros residentes entre as suas casas e os respectivos locais de estudo/trabalho, a rede de metropolitano cobre praticamente todo o centro histórico da cidade. Para descobrires que metro e eléctrico apanhar (e onde) para completares determinado trajecto, podes recorrer à ferramenta de planeamento disponível no site da Tisséo (entidade responsável pela gestão de transportes públicos de Toulouse) ou simplesmente utilizar o Google Maps, uma vez que os horários estão integrados na plataforma.

O horário de funcionamento dos transportes públicos inicia às 05h30 e termina por volta da meia-noite.

No que toca aos bilhetes, o preço de cada viagem individual está actualmente cifrado em €1,80, sendo que poderás fazer quaisquer transbordos necessários num prazo de 60 minutos após a validação inicial. Os títulos de viagem podem ser comprados nas máquinas automáticas presentes em todas as paragens, ou directamente na app da Tisséo, passando o teu smartphone a servir como bilhete.

No entanto, se contas utilizar o tram ou o metro de forma muito recorrente, então poderá valer a pena analisar as ofertas diárias e multi-diárias das plataformas:

  • Passe 1 dia: €6,80
  • Passe 3 dias: €13,50
  • Bilhete de 10 viagens: €15,10
  • Bilhete Tribo: €8,90 (bilhete para grupos, inclui 12 viagens a serem utilizadas no mesmo dia)

Toulouse Pass Tourisme – Transportes e atracções

Por outro lado, para uma opção substancialmente mais completa, podes sempre recorrer ao Toulouse Pass Tourisme, um cartão que te garante entrada gratuita nos principais museus da cidade, nas quais se incluem o Museu de Toulouse, o Couvent des Jacobins ou o Musée Saint-Raymond. Para além disso, podes ainda participar num city tour à tua escolha e usufruir de descontos especiais em outras atracções.

Este passe é válido por 3 dias e tem o custo de €20,00. Por apenas mais €10,00 tens ainda a possibilidade de incluir 10 viagens nos transportes públicos locais.

Free walking tours de Toulouse

Em Toulouse, podes optar por explorar o centro com recurso a um free walking tour. Administrados por empresas ou guias locais, estes tours consistem em visitas guiadas pelos quarteirões históricos, no qual te vão contando as histórias de cada sítio e providenciando um importante contexto cultural. Embora os tours sejam, de facto, gratuitos, mandam os bons costumes que no final cada pessoa dê uma gorjeta ao guia como compensação pelo seu trabalho. No caso de Toulouse, o valor mínimo aceitável deverá rondar os €7,00.

Posto isto, aqui estão algumas empresas que organizam free walking tours em Toulouse:

Tesouros Escondidos de Toulouse

Conforme já referi, e apesar de ser um destino bastante bonito e agradável, esta cidade francesa está longe da dimensão física de outros destinos europeus. Talvez por isso, com 2 dias em Toulouse é possível ficar a conhecer as suas principais atracções.

Não obstante, para tornar a tua experiência ainda mais rica, tomámos a liberdade de mencionar alguns sítios menos óbvios que deverás juntar à tua lista de coisas para ver e fazer em Toulouse:

Quarteirão de Saint-Etienne:  Habitualmente esquecido em virtude da velha Toulouse da zona do Capitole, este é um dos quarteirões mais pitorescos do centro da cidade, e o local onde os comerciantes mais ricos costumavam construir as suas mansões. Para uma pequena amostra do distrito, não deixes de passar na adorável Place Sainte Scarbes.

Museu L’Envol des Pionniers: Provavelmente o museu mais peculiar de Toulouse, esta exibição conta a história dos primeiros pilotos franceses responsáveis pela entrega de correio e encomendas por via aérea, uma actividade cujas origens gaulesas tiveram lugar precisamente nesta cidade.

Miradouro das Galerias Lafayette: Tal como Paris, também Toulouse tem a sua própria versão desta galeria comercial, embora consideravelmente menos espampanante. No entanto, as semelhanças com a capital não se ficam por aí, uma vez que, também aqui, é possível subir gratuitamente ao piso superior do centro e desfrutar de vistas fabulosas sobre a baixa.

La Morgue de la Daurade: Outro local extremamente curioso, situado no agradável e tranquilo quarteirão de La Daurade, este espaço costumava servir de morgue aos muitos corpos que davam à costa nesta secção do Rio Garonne. Então e hoje em dia? Bom, agora podes comprar um refresco ou um belo gelado no mesmo local onde os cidadãos de Toulouse costumavam fazer o reconhecimento dos corpos. Bom apetite!

Roteiro de 2 dias em Toulouse

O destino ideal para um fim-de-semana diferente, 48 horas serão suficientes para explorar o que de melhor Toulouse tem para oferecer, incluindo todo o centro histórico e as ruas do Vieux Quartier, as pitorescas margens do Garonne ou os caminhos cénicos do lendário Canal do Midi. Com um dia extra, vale ainda a pena dar um saltinho a Carcassonne e ver as suas fortificações medievais.

Posto isto, fica com o nosso guia de viagem e descobre o que ver e fazer em Toulouse em 2 dias:

Guia de viagem de Toulouse: Dia 1 – Centro Histórico

Como não poderia deixar de ser, vamos iniciar a tua aventura em Toulouse explorando o centro histórico. Ao chegares à cidade, é impossível não reparares que praticamente todos os edifícios da baixa têm a mesma cor, uma vez que o centro foi construído com recurso ao mesmo tipo de argila. Por causa disso, Toulouse é conhecida como “A Cidade Rosa”! No entanto, antes de entrares nas ruas pedestres e semi-labirínticas da Cidade Velha, a tua primeira paragem terá lugar na Basílica Saint-Sernin, a maior igreja romanesca da Europa e unanimemente considerada o edifício mais impressionante de toda a Toulouse. Bem ao lado da Basílica, vale também a pena visitar o Museu Saint-Raymond (€5,00), o nome oficial do Museu Arqueológico de Toulouse. Afinal, esta região francesa tem um historial gigantesco de ocupação romana, tendo sido descobertos milhares de artefactos e vestígios desse período. Aliás, este museu tem uma colecção tão rica, que dizem os especialistas que não fica atrás da secção de antiguidades do lendário Louvre de Paris. Daqui, iniciarás a tua caminhada ao longo da Rue du Taur, a principal via pedestre da cidade, antes de fazeres um curto desvio para veres os extraordinários frescos e murais da Chapelle des Carmélites. No final da Rue du Taur, chegarás enfim à Place du Capitole, a praça mais emblemática de Toulouse. Tal como o nome indica, é aqui que poderás visitar o Capitole de Toulouse, um edifício histórico que hoje serve como Câmara Municipal da cidade. Para além disso, podes entrar gratuitamente no edifício e andar por alguns dos seus fabulosos salões.

Situada nas proximidades da praça, segue-se uma visita ao Miradouro das Galerias Lafayette. Tal como Paris, também Toulouse tem a sua própria versão desta galeria comercial, embora consideravelmente menos espampanante. No entanto, as semelhanças com a capital não se ficam por aí, uma vez que, também aqui, é possível subir gratuitamente ao piso superior do centro e desfrutar de vistas fabulosas sobre a baixa. Daqui, estarás pronto a entrar no Vieux Quartier, a secção do centro histórico conhecida pelas ruas medievais estreitas e pavimento em calçada – um dos quarteirões mais bonitos da cidade! De resto, é também nesta zona que poderás visitar o Couvent des Jacobins (€5,00), outra das principais igrejas de Toulouse. Para fechar o dia, vais afastar-te um pouco do centro histórico e visitar o magnífico Quarteirão de Saint-Etienne. Habitualmente esquecido em virtude da velha Toulouse da zona do Capitole, este é um dos quarteirões mais pitorescos do centro da cidade, e o local onde os comerciantes mais ricos costumavam construir as suas mansões. Para uma pequena amostra do distrito, não deixes de passar na adorável Place Sainte Scarbes ou de visitar a imponente Catedral de Saint-Etienne.

Resumo do 1º dia:

  • Basílica Saint-Sernin
  • Museu Saint-Raymond
  • Rue du Taur
  • Chapelle des Carmélites
  • Place du Capitole
  • Capitole de Toulouse
  • Miradouro das Galerias Lafayette
  • Vieux Quartier (Rue Saint-Rome e Rue des Changes)
  • Couvent des Jacobins
  • Quarteirão de Saint-Etienne (Place Sainte Scarbes)
  • Catedral de Saint-Etienne

Onde comer em Toulouse – Restaurantes baratos no centro histórico

Guia de viagem de Toulouse: Dia 2 – Do Rio Garonne ao Canal du Midi

Se a etapa inaugural da tua escapadinha foi passada no quarteirão velho de Toulouse, o teu derradeiro dia na cidade será dedicada aos dois corpos de água que ajudaram a moldar a metrópole que hoje conhecemos. Assim sendo, vais começar o teu extenso percurso no Quarteirão de Saint-Cyprien, outro distrito secundário de Toulouse, mas nem por isso menos encantador! No entanto, o principal motivo para cá vires é mesmo para teres uma desculpa plausível para atravessar a Pont Neuf, a travessia mais bonita da cidade, sobre as águas tranquilas do Rio Garonne. Apesar do nome (“Ponte Nova”), esta é, na verdade, a ponte mais antiga da cidade, construída há cerca de 500 anos. De regresso à margem oriental (a da baixa), vale a pena percorrer a marginal e apreciar as vistas, parando pelo caminho na peculiar Morgue de la Daurade. Situado no agradável e tranquilo quarteirão de La Daurade, este espaço costumava servir de morgue aos muitos corpos que davam à costa nesta secção do Rio Garonne. Então e hoje em dia? Bom, agora podes comprar um refresco ou um belo gelado no mesmo local onde os cidadãos de Toulouse costumavam fazer o reconhecimento dos corpos. Bom apetite!

Prosseguindo pela margem, irás eventualmente encontrar a Ponte Saint-Pierre, de onde podes tirar uma das fotos mais emblemáticas de Toulouse, com a fabulosa cúpula da Dôme de La Grave a espreitar pelas fileiras de edifícios históricos junto ao rio. Continuando o percurso na direcção norte, irás eventualmente dar ao ponto onde o Garonne se encontra com o Canal do Midi, uma autêntica maravilha da engenharia antiga. Mandado construir no século XVII, este canal prolonga-se por 240 km, ligando a cidade de Toulouse ao porto de Marselha. À época, foi uma solução de génio na tentativa de criar um atalho entre o Atlântico e o Mar Mediterrâneo. Hoje em dia, vale a pena caminhar pelas margens do canal e desfrutar da natureza em redor. Finalmente, irás dar o teu fim-de-semana por terminado no inesquecível Jardim Japonês, um parque de inspiração nipónica, baseado nos jardins clássicos de Quioto.

Resumo do 2º dia:

  • Quarteirão de Saint-Cyprien
  • Pont Neuf
  • Morgue de la Daurade
  • Dôme de La Grave
  • Canal do Midi
  • Jardim Japonês

Onde comer em Toulouse – Restaurantes baratos junto à Pont Neuf e ao Canal du Midi

Mais que 2 dias em Toulouse? Então descobre as melhores day trips a partir da cidade

Carcassonne: Provavelmente a mais famosa de todas as day trips de Toulouse, Carcassonne é uma vila aparentemente saída de um qualquer conto de fadas. Para além das ruelas estreitas e edifícios clássicos, o grande símbolo deste destino é mesmo a gigantesca e intacta muralha medieval, uma das mais bem preservadas da Europa.

Albi: Se Toulouse é a “Cidade Rosa”, Albi ganhou o epíteto de “Cidade Vermelha”, também em honra da cor que predomina nas suas fachadas. Designada Património da Humanidade pela UNESCO, esta vila é conhecida pela sua Catedral Sainte-Cécile, a maior igreja em tijolo do mundo, e que mais se assemelha a uma fortaleza defensiva.

Montauban: Situada a apenas 50 km de Toulouse, e repousada sobre as águas do Rio Tarn, Montauban é um destino fora-da-caixa, longe das multidões das duas opções anteriores. No entanto, mantém todo o encanto das vilas tradicionais do sudoeste francês, bem como os pórticos e os tons encarnados da arquitectura.

Moissac: Uma das paragens clássicas da versão original do Caminho de Santiago, Moissac é conhecida pela Abadia Saint-Pierre e os seus famosos claustros – uma paragem obrigatória para todos os peregrinos que ainda por aqui passam.

Cité de l’espace: O lugar ideal para os estusiastas da ciência e da tecnologia, este parque é dedicado às inovações e feitos da engenharia aeroespacial, com destaque para os modelos em escala real de foguetões e recreações de estações espaciais. Para além disso, podes ainda experimentar os fantásticos simuladores, tocar um dos famosos satélites Sputnik e ainda ver uma pedra lunar original, trazida pela tripulação da Apollo 15.

Fábrica da Airbus: Uma vez que Toulouse é o berço de um dos maiores fabricantes de aeronaves do mundo, a fábrica local da Airbus organiza visitas guiadas pelas suas instalações. É ainda possível combinar o tour com uma ida ao Museu Aeroscopia e ver “in loco” dois exemplares dos supersónicos Concorde.

Seguro de Viagem

Para contratar o teu seguro de viagem recomendamos a Heymondo, que tem aquela que é, para nós, a melhor gama de seguros da atualidade, com uma relação qualidade-preço imbatível, e que inclui também cobertura para os teus equipamentos eletrónicos.

Se reservares connosco, através deste link, tens 5% de desconto no teu seguro e, ao mesmo tempo, dás-nos uma ajuda preciosa 🙂

Consulta do Viajante

Aconselhamos a marcar a tua consulta na Consulta do Viajante Online. Insere o código flamingo para teres 5% de desconto em consultas para 2 ou mais pessoas.

Tours & Atividades

Reserva já os teus tours ou atividades no Viator, do grupo Tripadvisor! E ao fazê-lo estás-nos a dar uma grande ajuda 🙂

Queres receber notificações acerca de novas ofertas?

Regista-te e decide a frequência de envio. Não vamos enviar spam!

Sugestões de viagem