Madeira planeia subsidiar testes a passageiros que viajem para a região

  • 15.06.2020 20:39
  • João
madeira

Como já foi anunciado, a partir de 1 de julho, todos os passageiros que aterrem na Madeira devem ter um teste negativo de Covid-19 efetuado nas 72 horas anteriores. A novidade é que o Governo se prepara para estabelecer um protocolo que visa custear a realização destes testes.

Queres receber notificações acerca de novas ofertas?

Regista-te e decide a frequência de envio. Não vamos enviar spam!

Segundo o Expresso, citando a Agência Lusa, o Governo da Madeira “pretende estabelecer um protocolo com uma entidade em Lisboa” de forma a subsidiar o custo dos testes à covid-19, para os passageiros que pretendem voar para a região.

Estamos a trabalhar para conseguir outra coisa muito importante que é possibilitar que os passageiros que embarcam para a Madeira possam realizar o teste, às custas do governo, em Lisboa, o que vem facilitar e prevenir (o contágio de covid-19), declarou Miguel Albuquerque, o Presidente do Governo Regional

O presidente do executivo regional acrescentou ainda que a região já suporta os custos de testes feitos a vários grupos, “como os estudantes e as pessoas que não têm meios financeiros”.

“Seria bom que abarcasse todos os que querem viajar para a Madeira, porque assim facilitava tudo”

Miguel Albuquerque justifica a decisão com a enorme importância que o turismo representa para a Região, cujo um dos principais ativos, atualmente, é ter “quase zero casos ativos de covid”.

É preferível assumir esses custos e ter o início do desenvolvimento e reabertura do turismo do que estar a gastar esse dinheiro em subsídios de desemprego

A ideia ainda está a ser trabalhada pelo Secretário da Saúde da Região, e mais pormenores serão provavelmente conhecidos nos próximos dias.

Fonte

Carro

Para os melhores preços no aluguer de carros vai a Rentalcars.com!

Queres receber notificações acerca de novas ofertas?

Regista-te e decide a frequência de envio. Não vamos enviar spam!

Sugestões de viagem