O que fazer na Brava, Cabo Verde – Onde comer e melhores locais para visitar 🇨🇻

  • 13.06.2024 00:00
  • Bruno A.

Miniguia detalhado com tudo o que fazer na Brava. Inclui dicas acerca de restaurantes, actividades e melhores pontos turísticos e locais a visitar na ilha Cabo-Verdiana, incluindo Nova Sintra, Fajã da Água, Furna e as várias oportunidades de trekking em redor do Monte Fontainhas.

Queres receber notificações acerca de novas ofertas?

Regista-te e decide a frequência de envio. Não vamos enviar spam!

Este miniguia com tudo o que fazer na ilha da Brava faz parte do nosso Guia Geral de Viagem de Cabo Verde. Consulta-o para saberes todas as dicas práticas e informações importantes sobre o país, incluindo transportes, hotéis, melhores praias e muito mais!

Brava, Cabo Verde – A ilha mais pequena do país

A mais pequena e menos visitada das ilhas Cabo-Verdianas, descontando a desabitada ilha de Santa Luzia, os encantos da Brava continuam a passar incólumes à maioria dos visitantes. Facilmente eclipsada pela popularidade do Sal, de Santiago ou da Boavista, e face à sua razoável (para não dizer grande) distância de qualquer um destes polos turísticos, não é fácil justificar o desvio ou o tempo perdido para chegar a estas coordenadas. No entanto, se estiveres a viajar com tempo, passar pela Brava vai-te dar um gostinho do Cabo Verde autêntico que é cada vez mais difícil de encontrar nas faixas costeiras povoadas de resorts internacionais. Da capital Nova Sintra à Fajã da Água, passando por Furna e pelos trilhos e miradouros que conduzem ao Monte Fontainhas (a Brava é uma das melhores ilhas para amantes de trekking) prometemos que irá compensar as horas perdidas e as dores de cabeça logísticas.

Posto isto, se estás de partida rumo a Cabo Verde e procuras o que fazer na Brava, queremos deixar-te um miniguia com todos os locais e pontos turísticos a visitar na ilha, bem como uma compilação dos restaurantes mais badalados.

Locais e actividades a não perder na ilha da Brava

Trilhos e Miradouros

Ao passo que a maioria das ilhas Cabo-Verdianas fazem do mar a sua principal fonte de encantos, na Brava são as zonas montanhosas do interior a roubar corações. No coração verdejante da ilha, são vários os trilhos que serpenteiam por aldeias abandonadas, campos agrícolas e vales dramáticos, pontuando o percurso com uma mão-cheia de miradouros dignos de registo. Destes, destacam-se o Miradouro de Nossa Senhora do Monte, o Miradouro de Alto São Bento e o Miradouro da Fonte do Mato, bem como o pico do Monte Fontainhas, oficialmente o ponto mais alto da ilha.

De resto as melhores caminhadas são mesmo as que ligam as principais localidades do interior da Brava, pelo que podes (e deves) meter os pés ao caminho e percorrer as distâncias que separam as vilas/aldeias de Mato Grande, Baleia, Cachaço (terra de excelente queijo) e Nossa Senhora do Monte. Se ainda tiveres tempo e energia, é igualmente recomendado completar o percurso entre Nossa Senhora do Monte e a aldeia de Furna, esta última já situada no litoral – e outro destino a não perder!

Furna

Que dizer sobre Furna? Para além de ser o destino (ou origem, dependendo da direcção) de um dos trilhos mais bonitos da Brava, esta aldeia piscatória é o local perfeito para relaxar, beber uma cerveja e passar algum tempo com os locais, assistindo à forma como os pescadores ainda fazem do mar a sua principal via de subsistência. De resto, se vieres por mar, esta será a tua primeira paragem em terras Bravenses, já que é no pequeno porto da aldeia que todos os barcos atracam. Para fechar em beleza, e se após a agitada travessia marítima precisares mesmo de descomprimir com um mergulho, podes sempre ir a banhos na pequena praia local.

Nova Sintra

Considerada a capital e principal localidade da pequena ilha da Brava, Nova Sintra recebeu o seu nome pelas aparentes semelhanças com a sua homónima portuguesa… pelo menos à época! E a verdade é que a vila parece mesmo saída de um qualquer concelho antigo português, especialmente ao largo da Praça Central Eugénio Tavares, pautada pelos edifícios antigos (como os Paços do Concelho), pelo pavimento em calçada portuguesa com os tradicionais desenhos e formatos a negro e até mesmo por um coreto – essa grande instituição da “portugalidade”! Para assistir à azáfama do quotidiano, segue-se a visita da praxe ao Mercado Municipal, um clássico de qualquer capital Cabo-Verdiana, aproveitando ainda para explorar a Igreja de São João Baptista e subir ao Miradouro de Lem antes de rumares a outras paragens!

Fajã de Água

Porventura o local mais popular da Brava, a Fajã de Água é uma pequena localidade situada no noroeste da ilha, a apenas 8.5 km de Nova Sintra. Aliás, muitos turistas optam até por percorrer a distância a pé, já que as vistas dos vales e do imenso Atlântico à medida que te vais aproximando do litoral são totalmente imperdíveis! No entanto, não é pelo trilho (embora ajude) que os poucos visitantes da Brava se aventuram até este recanto da ilha. Na realidade, a grande atracção da vila – e, por arrasto, de toda a Brava – são as Piscinas Naturais de Fajã de Água. Para quem já visitou os Açores (ou outras ilhas vulcânicas) as fajãs são pequenas porções de terra, normalmente rochosas, que surgem em resultado do contacto da lava com o mar, petrificando e acrescentando território às ilhas. Obviamente, estes fenómenos costumam acontecer após uma erupção. No caso específico desta localização, as fajãs contêm vários buracos, como numa fatia de queijo suíço, que acabaram por dar lugar a um conjunto espectacular de piscinas naturais. É bonito, agradável e, por unanimidade, o melhor sítio para dar uns mergulhos em toda a Brava.

Praticamente ao lado das piscinas, e numa toada algo surreal, podes ainda invadir o Aeródromo da Esperadinha e correr pelas pistas. Estranho? Não te preocupes, já que o aeroporto foi desactivado em 2004.

Onde comer na Brava – Melhores restaurantes

Seguro de Viagem

Para contratar o teu seguro de viagem recomendamos a Heymondo, que tem aquela que é, para nós, a melhor gama de seguros da atualidade, com uma relação qualidade-preço imbatível, e que inclui também cobertura para os teus equipamentos eletrónicos.

Se reservares connosco, através deste link, tens 5% de desconto no teu seguro e, ao mesmo tempo, dás-nos uma ajuda preciosa 🙂

Consulta do Viajante

Aconselhamos a marcar a tua consulta na Consulta do Viajante Online. Insere o código flamingo para teres 5% de desconto em consultas para 2 ou mais pessoas.

Tours & Atividades

Reserva já os teus tours ou atividades no Viator, do grupo Tripadvisor! E ao fazê-lo estás-nos a dar uma grande ajuda 🙂

Queres receber notificações acerca de novas ofertas?

Regista-te e decide a frequência de envio. Não vamos enviar spam!

Sugestões de viagem