Transportadora aérea Swiss 🇨🇭 remove a obrigatoriedade de uso máscara a bordo…mas há um senão.

  • 04.04.2022 17:41
  • João

A transportadora nacional suíça foi uma das companhias que anunciou o levantamento da obrigação de cobrir a boca e o nariz a bordo das suas aeronaves, o que significa que deixa de ser obrigatório usar máscara. No entanto, a medida não se aplica a todos os voos – pelo menos por enquanto.

Queres receber notificações acerca de novas ofertas?

Regista-te e decide a frequência de envio. Não vamos enviar spam!

As Swiss não é a primeira a tomar esta decisão. Recentemente, a abolição da obrigação de usar máscaras foi anunciada, entre outras, pela SAS, Norwegian, Flyr e Widerøe, mas também pela Jet2. Este grupo também inclui KLM, British Airways e Virgin Atlantic. Há cerca de duas semanas, a easyJet também se juntou a este grupo e é expectável ver a lista a crescer todas as semanas.

No que toca à Swiss, esta decisão foi tomada após a abolição da obrigatoriedade do uso de máscaras no transporte público pelo governo, em vigor desde dia 1 deste mês. A companhia de bandeira suíça decidiu adoptar a medida de imediato.

Mas há um senão e afecta, por exemplo, os voos da companhia de e para Portugal, onde a medida ainda não se aplicará: A abolição de máscaras é efetiva apenas nas rotas que entre dois países com as mesmas regras, sendo que a Swiss anunciou que iria informar todos os da regulamentação em vigor antes do voo.

Esta decisão é semelhante à de outras companhias que deixaram de exigir o uso de máscara a bordo. Sempre que o país de partida e o de chegada o permitam, cobrir o nariz e a boca a bordo passa a ser opcional.

Carro

Para contratar o teu seguro de viagem, aconselhamos a IATI, com uma excelente gama de seguros, incluíndo aquela que é, provavelmente, a melhor cobertura Covid-19 do mercado. 

Seguro de Viagem

Queres receber notificações acerca de novas ofertas?

Regista-te e decide a frequência de envio. Não vamos enviar spam!

Sugestões de viagem