Sylt, a pequena ilha alemã que talvez preferisse que não soubesses o seu nome 🏝️🇩🇪

  • 17.06.2022 17:19
  • Paulo
Sylt

Por vezes é melhor passar despercebido. Esta é a lição de Sylt, no Mar do Norte, e de como uma pequena queixa sobre o novo passe de 9 euros instituído pelo governo alemão deu origem a meme nacional.

Queres receber notificações acerca de novas ofertas?

Regista-te e decide a frequência de envio. Não vamos enviar spam!

Tal como já demos a conhecer aqui no nosso site, a Alemanha resolveu criar um passe mensal para todos os transportes públicos (à exceção dos comboios mais rápidos) com um valor de apenas 9 euros. Esta promoção, que vai estar em vigor durante os meses de verão, foi motivo de alegria geral… ou melhor, quase geral.

Na pequena ilha de Sylt, no Mar do Norte, junto à fronteira com a Dinamarca, nem todos ficaram contentes com esta notícia. Alguns responsáveis locais, como Moritz Luft, diretor da Sylt Marketing, avisaram que a infraestrutura da ilha podia não estar preparada para aguentar o aumento de procura.

Talvez as preocupações de Moritz Luft até nem fossem infundadas. Mas, uma vez que Sylt era já associada a um tipo de turismo mais luxuoso e de classe alta, estas declarações foram vistas como uma tentativa de manter a exclusividade da ilha, afastando os turistas mais remediados, que só graças ao passe de 9 euros seriam capazes de lá chegar. Sylt rapidamente ficou a conhecer o efeito Streisand – a ideia de que todas as tentativas para ocultar uma informação na internet só contribuem para que esta seja ainda mais divulgada. Muitos utilizadores começaram a sugerir nas redes sociais que quem tivessem o passe de 9 euros devia fazer questão de ir até à ilha, uma ideia que deu azo a inúmeros memes em fóruns online:

Alguns memes comparam Sylt à Área 51, a suposta base secreta onde segundo teorias da conspiração o governo norte-americano esconde os seus maiores segredos; outros falam de uma revolução dos viajantes comuns, munidos com o seu passe de 9 euros, contra a tirania de quem viaja todos os anos para a ilha e supostamente não a quer partilhar.

Muitos são os que já passaram à prática e viajaram até Sylt, isto apesar de não ser fácil chegar à ilha mesmo com o passe de 9 euros. Afinal, os comboios mais rápidos não estão incluídos e por isso é preciso apanhar vários comboios regionais para lá chegar. Uma viagem a partir de Munique, no sul da Alemanha, pode demorar 15 horas entre sete comboios diferentes com paragem em Nuremberga, Leipzig, Magdeburg, Uelzen, Hamburgo, Elmshorn e finalmente, Westerland.

Sem se importarem com a número de transbordos, um grupo de punks viajou até Sylt durante o fim-de-semana de Pentecostes, aproveitando o feriado, e rapidamente se tornaram notícia nacional, apesar de terem ficado apenas a relaxar junto ao supermercado de Westerland.

Segundo as autoridades locais, este grupo não causou qualquer problema à exceção de um “pouco mais de barulho”.

Mesmo assim, as autoridades locais admitem que os comboios regionais que levam até Sylt estão bastante cheios e a Deutsche Bahn, a empresa nacional de caminhos-de-ferro alemão, já tem em marcha planos para aumentar a oferta. Para além disso, a polícia federal anunciou um aumento no número de agentes destacados para a ilha.

Tours & Atividades

Reserva já os teus tours ou atividades no Viator, do grupo Tripadvisor! E ao fazê-lo estás-nos a dar uma grande ajuda 🙂

Seguro de Viagem

Para contratar o teu seguro de viagem, aconselhamos a IATI, com uma excelente gama de seguros, incluíndo aquela que é, provavelmente, a melhor cobertura Covid-19 do mercado. 

Se reservares connosco, através deste link, tens 5% de desconto no teu seguro e, ao mesmo tempo, dás-nos uma ajuda preciosa 🙂

Queres receber notificações acerca de novas ofertas?

Regista-te e decide a frequência de envio. Não vamos enviar spam!

Sugestões de viagem