Guia de viagem da Costa Amalfitana + Roteiro de 3 ou 7 dias 🇮🇹

  • 25.01.2023 16:30
  • Bruno A.

Guia de viagem da Costa Amalfitana com todas as informações habituais sobre hotéis, restaurantes e transportes públicos entre as vilas, bem como um roteiro completo com tudo o que deves fazer na Costa Amalfi em 3 ou 7 dias (1 semana).

Queres receber notificações acerca de novas ofertas?

Regista-te e decide a frequência de envio. Não vamos enviar spam!

Considerada uma das road trips mais belas da Europa, a Costa Amalfitana é um pequeno pedaço de paraíso que se estende ao longo de apenas 50km de estrada, algures no sudeste da “bota” italiana. Apesar de ser há muito um destino de eleição no país, as massas parecem finalmente ter encontrado este cantinho à primeira vista insuspeito do país.

Percorrer a Costa Amalfitana (ou Amalfi) através da lendária SS163 é encontrar vistas absolutamente fenomenais sobre o Mar Tirreno e vilazinhas adoráveis gentilmente pousadas nas suas escarpas verdejantes. É um local para se viajar de forma relaxada e descomplexada, longe da azáfama de ter que saltar de atracção em atracção nas grandes cidades italianas.

Posto isto, de estás de partida para um dos locais mais belos de Itália, o nosso guia de viagem da Costa Amalfitana é ideal para ti! Para além das informações habituais sobre hotéis, restaurantes e transportes públicos entre as vilas, incluímos ainda um roteiro completo com tudo o que deves fazer na Costa Amalfi em 7 dias (ou 1 semana), com direito a day trips a Nápoles, Pompeia ou à ilha de Capri.

Guia de Viagem da Costa Amalfitana – O que fazer em 7 dias

Como chegar à Costa Amalfitana – Voos de Portugal para a Costa Amalfitana

Uma vez que a região de Amalfi não é servida especificamente por qualquer aeroporto internacional, a principal via de acesso aéreo cabe habitualmente ao Aeroporto de Nápoles, situado a cerca de 50km de Sorrento, a primeira grande paragem da Costa Amalfitana.

Por sorte, é possível voar directamente para Nápoles a partir de Porto (Easyjet, a partir de 1 de Abril) e Lisboa (Ryanair e TAP sendo esta última sazonal).

Desde Nápoles, existem várias opções disponíveis até à costa:

  • Comboio, com a Ferroviária Circumvesuviana – Embora não exista site oficial, estes comboios partem a cada 30 minutos da Estação Napoli Porta Nolana, chegando a Sorrento em cerca de 1h20. Cada bilhete de ida tem o custo de 3,60€
  • Ferry, com a Alilauro – Os botes partem do cais de Beverello. No pico do Verão, existem partidas às 09h, 11h, 13h, 15h05, 17h15 e 19h15. A viagem tem a duração de 40 minutos e os bilhetes para não-residentes custam 14€.
  • Autocarro, com a Flixbus – Os autocarros partem do Metropark Centrale e a viagem demora cerca de 1h40. A frequência de saídas varia consoante a época do ano e os bilhetes, se comprados com antecedência, custam entre 5€-7€. Em alternativa, a companhia Curreri Viaggi também organiza estes trajectos, mas com partida desde o Aeroporto de Nápoles. A viagem tem o custo de 10€ e a duração de 1h15.

Guia de Viagem da Costa Amalfitana – Melhor altura para visitar a Costa Amalfitana

Sendo este um destino de praia e calor, é apenas natural que a maioria das pessoas se desloque à Costa Amalfitana no pico do Verão… motivo pelo qual não deverás fazer o mesmo! Especialmente entre o início de Julho e o final da primeira semana de Setembro, esta região é invadida por turistas de todo o mundo, encarecendo exponencialmente os preços e criando enormes engarrafamentos de trânsito.

Assim sendo, recomendamos que agendes a tua visita entre os meses de Maio-Junho, ou logo a seguir à enchente de Verão, entre o final de Setembro e início de Outubro. Continuarás a ter excelentes hipóteses de apanhar bom tempo e poder ir a banhos, sem que a tua experiência seja demasiado afectada pelas multidões ou pelos preços proibitivos praticados pela maioria dos alojamentos.

Guia de Viagem da Costa Amalfitana – Documentos necessários

Uma vez que continuarás dentro da União Europeia, não te é exigida a apresentação de passaporte para poderes viajar, bastando apenas que estejas na posse de cartão de cidadão válido.

Descobre mais: Vais viajar e tens o Passaporte ou Cartão de Cidadão caducado ou perdido? Vê aqui o que podes fazer

Guia de Viagem da Costa Amalfitana – Roaming em viagem

Estando o país vinculado às regras de roaming da UE, não te será cobrada qualquer taxa de roaming durante a tua visita a Itália.

Assim sendo, poderás simplesmente utilizar o teu cartão (quase) como se estivesses em Portugal (os dados das apps que as operadoras portuguesas contam num plafond separado, passam a contar para o teu plafond principal de dados. Isto significa que se tiveres 5GB de dados + 15GB para apps, enquanto estiveres em Bilbau esses dados vão ser retirados aos 5GB e não aos 15GB).

Guia de Viagem da Costa Amalfitana – Taxas bancárias e orçamento de viagem

Uma vez que Itália faz parte da Zona Euro, o conjunto de países onde é utilizada a moeda única, poderás utilizar o teu cartão de crédito/débito português para fazer levantamentos e pagamentos no destino sem que te seja cobrada qualquer taxa de conversão.

Assim sendo, terás apenas que ter em atenção potenciais taxas cobradas pelo banco emissor da própria caixa automática onde fizeres o levantamento. Contudo, e sempre que haja lugar ao pagamento de qualquer comissão deste tipo, essa informação é descortinada antes de confirmares o levantamento, o que significa que podes sempre cancelá-lo e procurar outra caixa. Tem especial atenção às caixas da Euronet, que cobram uma comissão fixa por levantamento com cartão estrangeiro.

Por outro lado, se precisas de ajuda a manter o orçamento de viagem sob controlo, recomendamos neste guia de viagem da Costa Amalfitana a utilização do cartão Revolut. Ainda que neste país não possas usufruir da principal vantagem deste produto – levantamentos em moeda estrangeira sem taxas de conversão – continua ainda assim a ser uma ferramenta útil.

Através da aplicação do banco online, terás acesso imediato a todos os gastos e ao saldo da tua conta, monitorizando assim os teus gastos diários. Para além disso, poderás carregar o cartão apenas com o valor que esperas gastar (por dia ou na viagem), evitando assim que gastes mais do que aquilo que esperavas e limitando também o valor que podes perder em caso de roubo ou fraude.

Descobre mais: Dicas para viajantes: Tudo que precisas de saber sobre o Cartão Revolut

Guia de Viagem da Costa Amalfitana – esquemas e burlas mais comuns

Caso tenhas dúvidas quanto à tua segurança, podemos desde já adiantar que a Costa Amalfitana é um destino extremamente resguardado no que a crime e burlas diz respeito. Ao contrário do que podes, de vez em quando, testemunhar nas grandes cidades italianas já de si bastante seguras – aqui não há qualquer risco humano à tua integridade física (ou dos teus pertences).

Cuidado com os veículos sem taxímetro, nada de mostrar os teus pertences ou carteira de forma espampanante em zonas movimentadas e nunca aceites ajudas de ninguém quando estiveres a utilizar o multibanco. Fora isso, tem especial cuidado com os menus dos cafés/restaurantes. Embora estes casos sejam raros, existem vários relatos online de clientes que fizeram os seus pedidos com base nas sugestões do empregado e sem consultar o menu, acabando com uma desagradável surpresa ao ver a conta.

Posto isto, terás apenas que utilizar o senso-comum e verás que a tua aventura chegará ao fim sem qualquer problema.

Onde dormir na Costa Amalfitana – Hotéis e Alojamentos

À semelhança do que já acontece em muitas outras localidades italianas altamente dependentes do turismo para sobreviver, também na Costa Amalfitana o preço de hotéis e apartamentos tende a ser elevado, especialmente nas localidades mais populares. Olhando a Positano, onde um cama em dormitório pode custar-te 80€/noite, é flagrante a inexistência de opções minimamente económicas, razão pela qual não recomendamos que passes lá a noite.

No entanto, e tendo em conta que pernoitarás em vários locais diferentes, é sempre possível contrabalançar locais um pouco mais dispendiosos com outros – como por exemplo, Nápoles – onde os preços tendem a ser um pouquinho mais simpáticos.

Por outro lado, se a ideia de saltitar de um lado para o outro com as malas atrás não te parece propriamente apelativa, podes sempre estabelecer uma vila da Costa Amalfitana como base e ir visitando a região a partir daí. Nesse sentido, estamos em crer que nenhum outro local seria tão conveniente quanto a cidade de Amalfi. Para além de ser o maior e mais desenvolvido de todos os vilarejos, os preços são bem mais apelativos do que os de Positano, e as ligações de transportes públicos mais convenientes do que as que encontrarias em Ravello ou Minori. Em alternativa, podes sempre optar por ficar em Sorrento, às portas da delimitação oficial da Costa Amalfitana. Os preços de alojamento serão mais baixos que os de Amalfi, mas o tempo dispendido em transportes seria substancialmente superior. Contudo, se estiveres a viajar com tempo, pode ser uma solução financeiramente interessante.

Assim sendo, deixamos abaixo algumas opções de alojamento interessantes para cada cidade onde irás passar pelo menos uma noite, de acordo com o nosso roteiro de 1 semana pela Costa Amalfi:

Guia de Viagem da Costa Amalfitana – Hotéis em Nápoles

Guia de Viagem da Costa Amalfitana – Hotéis em Sorrento

Guia de Viagem da Costa Amalfitana – Hotéis em Amalfi

Guia de Viagem da Costa Amalfitana – Hotéis em Salerno

Guia de Viagem da Costa Amalfitana – Transporte entre o aeroporto e o centro de Nápoles

Ao passo que a esmagadora maioria dos aeroportos fica habitualmente situada nos subúrbios das grandes cidades, em Nápoles a distância é incrivelmente reduzida. Aliás, e a título cómico, há até quem diga que é possível caminhar desde o aeroporto até ao centro histórico da cidade. Olhando aos 4km que distam estes dois pontos, não podemos discordar!

No entanto, e para pouparmos as tuas pernas de modo a que estejas a todo o gás para a semana que se avizinha, aconselhamos que utilizes um dos dois serviços de rodoviários disponíveis:

  • Autocarro Shuttle Alibus
    • Partida: Terminal 1 – Chegadas
    • Destino: Molo Angioino/Beverello Stazione Marittima (com paragem na Estação Central)
    • Preço: 5€
    • Frequência: Cada 10/15 minutos (entre as 05h30 e as 00h25)
    • Duração: 15 minutos
    • Bilhetes: Alibus ou directamente ao motorista
  • Autocarro Público 182

Guia de Viagem da Costa Amalfitana – Como te deslocares na Costa Amalfitana

De acordo com o que já mencionei acima, a Costa Amalfitana estende-se por cerca de 50 km de estrada. Se a isso aliarmos as distâncias a Nápoles, Salerno e à ilha de Capri, está fácil de entender que terás que descobrir como te deslocares entre os vários pontos do roteiro. Estou a brincar – já tratámos disso por ti!

Deslocações na Costa Amalfitana – Comboios na Costa Amalfitana

Vamos primeiro às más notícias. Ao contrário do que acontece em Cinque Terre, por exemplo, Infelizmente não existe qualquer linha de comboio que ligue as várias vilas da Costa Amalfi. Contudo, terás à mesma que utilizar este meio de transporte em pelo menos dois dos trajectos de 3 e 7 dias que vamos abordar neste artigo:

  • Nápoles – Pompeia – Nápoles: 30 a 40 minutos; 6,00€ ida-e-volta
  • Salerno – Nápoles: 40 a 60 minutos; a partir de 5,10€

Poderás consultar horários e comprar bilhetes no website oficial da Trenitalia.

Deslocações na Costa Amalfitana – Alugar Carro na Costa Amalfitana

Ao passo que muitos não se cansam de cantar as maravilhas de uma road trip pela Costa Amalfitana, eu (e o João também, já agora) opto por uma abordagem um pouco mais cuidadosa. Se a tua visita coincidir com a época baixa ou intermédia (aí até ao início de Junho e depois de meados de Setembro), alugar um carro para o percurso pode até ser uma excelente ideia.

Contudo, assim que as multidões começam a acumular-se, ter carro pode muitas vezes ser mais uma dor de cabeça do que uma vantagem. Para além do trânsito caótico, estradas em que, muitas vezes um autocarro e um carro não se conseguem cruzar sem fazer manobras e da dificuldade em arranjar estacionamento não pago (ou, por vezes, qualquer tipo de estacionamento, mesmo o MUITO bem pago), a realidade é que os habitantes locais se têm vindo a insurgir contra o excesso de carros na região. Aliás, o problema tomou tais proporções que as autoridades italianas instauraram um procedimento que permitia que os carros alugados transitassem apenas de acordo com o último número da sua matrícula. Se o número fosse par, os condutores podiam apenas utilizá-los nos dias pares. Caso contrário, apenas nos ímpares. Não, não estou a gozar!

De qualquer das formas, esta medida entra apenas em vigor durante a época alta. Se a tua visita não coincide com este período, então aí sim, a roadtrip pode revelar-se uma fantástica ideia. Podes consultar preços e disponibilidades em Rentalcars.com!

Deslocações na Costa Amalfitana – Alugar uma Scooter na Costa Amalfitana

Uma nota da nossa / vossa cirurgiã ortopédica residente: “Se nunca conduziste uma scooter na vida, Itália não é – DE TODO – o melhor sítio para te estreares. Muito menos nas estradas sinuosas da Costa Amalfitana e em plena época alta”! Se mesmo assim te quiseres aventurar, por favor, faz um seguro de viagem.

Agora que já esclarecemos esta situação, e se tens provas dadas em cima de um motociclo, alugar uma scooter pode ser uma experiência maravilhosa em terras amalfitanas. Não só ganhas autonomia e flexibilidade, como ainda poderás escapar ao trânsito automóvel. Para além disso, as scooters não estão abrangidas pelas restrições de matrícula explicadas acima.

Relativamente a preços, e tendo em conta que existem várias empresas locais a competir, os valores diários poderão variar (ao contrário do que acontece com os supermercados ou as telecomunicações em Portugal 😊). Posto isto, motociclos com 50cc de cilindrada poderão ir dos 40€ aos 60€ pelo aluguer diário, ou dos 180€ aos 350€ por uma semana completa. Para as versões de 125cc, os montantes sobem para 50€-70€ ou 250€-420€, respectivamente.

Dos websites que conseguimos encontrar, os preços mais convidativos pertencem à empresa SorrentoTrips. Podes completar a reserva da tua scooter online, sendo que, para conduzir este tipo de motociclo, bastar-te-á que estejas munido de uma carta de condução standard (categoria B). Não é necessária licença de condução de mota.

Deslocações na Costa Amalfitana – Ferries na Costa Amalfitana

Estando todas as vilas da Costa Amalfitana intimamente ligadas ao mar (geográfica e culturalmente), não surpreende que seja possível completares algumas das deslocações deste roteiro por mar sendo, talvez, a melhor opção quando falamos de época alta (visto que está disponível a partir de 1 de Abril apenas). Embora mais caro que o autocarro para percorrer as vilas, usando o ferry não corres o risco de ficar preso(a) no trânsito caótico.

Nas nossas sugestões de trajeto iremos utilizar um mix dos dois, pois haverá alturas em que o autocarro será a melhor opção mas, regra geral, se te parecer que está muito movimento, a melhor ideia será usar a via marítima sempre que essa rota esteja disponível. Dependendo do trajeto que escolhas, vais pagar entre €4 e €15 ida. Podes consultar horários e preços aqui.

Não obstante, se visitares fora do pico de Verão, e embora seja possível fazer mais um bom par de deslocações entre alguns destes locais, recomendamos que utilizes o ferry apenas para os seguintes trajectos:

  • Nápoles – Capri: 90 minutos; 12,90€
  • Capri – Sorrento: 25 minutos; 15,10€

Poderás consultar horários e comprar bilhetes no website oficial da Caremar.

Deslocações na Costa Amalfitana – Autocarros

O Autocarro é a melhor opção para visitas em época baixa ou intermédia. Aborrecido, mas fiável e com bastantes opções tanto de trajetos como de frequência! Como já referimos acima, em época alta poderá ser boa ideia fazer um mix de autocarro e ferry, fugindo o máximo possível do transito caótico.

As ligações entre as várias vilas da região são asseguradas pela empresa Sitabus, embora possas consultar todos os horários disponíveis na página oficial do Turismo de Positano.

Posto isto, recomendamos que utilizes estes autocarros para as seguintes rotas:

  • Sorrento – Positano: 2,00€
  • Positano – Amalfi: 2,00€
  • Amalfi – Bomerano: 1,30€
  • Amalfi – Ravello: 1,30€
  • Amalfi – Furore: 1,30€
  • Amalfi – Salerno: 2,40€

O que comer na Costa Amalfitana – gastronomia local

Por esta altura já deverás ter percebido que a Costa Amalfitana está longe de ser um destino económico. E se isso se reflecte nos transportes e – acima de tudo – no alojamento, não é menos verdade que também os restaurantes tendem a ser mais caros nesta região do que no resto de Itália. Ainda assim, e em 99,9999% das vezes, o dinheiro gasto numa refeição em solo italiano é dado por bem empregue – ou não fosse esta uma das gastronomias mais aclamadas do planeta!

Ora, é com prazer que vos comunicamos que o cenário é o mesmo na Costa Amalfitana. No entanto, e dada a proximidade e ligação desta região ao mar, podes esperar uma prevalência bem maior de peixe e marisco, comparativamente com a generalidade do restante território italiano. Aliás, um dos pratos mais populares da região é o Scialatielli ai Frutti di Mare, uma receita de pasta fresca que pode ser servida com mexilhões, camarão, ouriços do mar e outros moluscos. Outras alternativas locais passam pela Frittura di Calamari (calamares fritos), Polvo na Caçarola, Spaghetti Alle Vongole (esparguete com ameijoas) ou Colatura di Alici (um condimento de peixe, feito à base de anchovas). Para lá do peixe, a Costa Amalfitana é também conhecida pelos seus limões, com especial destaque para a localidade de Amalfi. A cidade produz uma categoria bastante específica destes cítricos amarelos e que figura entre os melhores do mundo pela sua doçura e tamanho. Yep, este é provavelmente o único local do planeta onde consegues comer limão sem fazer caretas, motivo pelo qual a região é um importante local de produção do famoso licor Limoncello. Para além disso, muitos dos restaurantes locais confeccionam também uma Pasta Al Limone bem boa!

Para terminar, e uma vez que a tua viagem terá sempre que começar e terminar em Nápoles, não percas a oportunidade provar a pizza local, unanimemente considerada a melhor de Itália!

Se estás à procura de sugestões de restaurantes, não te preocupes: terás várias nos roteiros abaixo.

Guia de Viagem da Costa Amalfitana – Tesouros Escondidos da região

Descontando desde já Nápoles, Capri e Salerno, três dos destinos desta aventura que não estão enquadrados na Costa Amalfi, a verdade é que existem vários locais na região que continuam a passar despercebidos às massas turísticas.

Seja por falta de tempo ou iniciativa, a esmagadora maioria das pessoas opta por concentrar o seu tempo em Sorrento, Positano e Ravello… compreensível, ou não fossem todos estes locais dotados de uma beleza manifestamente difícil de igualar! Seja como for, e mesmo que o tempo não estique, queremos deixar-te alguns locais menos famosos igualmente merecedores de uma visita:

  • Atrani
  • Praiano
  • Valle delle Ferriere
  • Praia de Furore
  • Grotto dello Smeraldo
  • Maiori

Roteiros de viagem da Costa Amalfitana

Tendo em consideração que o post já vai longo e queremos dar pelo menos duas possibilidades consoante as disponibilidades de cada leitor, deixamos abaixo dois roteiros distintos para a Costa Amalfitana:

Tours & Atividades

Reserva já os teus tours ou atividades no Viator, do grupo Tripadvisor! E ao fazê-lo estás-nos a dar uma grande ajuda 🙂

Seguro de Viagem

Para contratar o teu seguro de viagem, aconselhamos a IATI, com uma excelente gama de seguros, incluíndo aquela que é, provavelmente, a melhor cobertura do mercado. 

Se reservares connosco, através deste link, tens 5% de desconto no teu seguro e, ao mesmo tempo, dás-nos uma ajuda preciosa 🙂

Queres receber notificações acerca de novas ofertas?

Regista-te e decide a frequência de envio. Não vamos enviar spam!

Sugestões de viagem