10 das melhores road trips da Europa 🚗🛣️

  • 27.09.2023 20:50
  • Bruno A.

Uma lista com 10 das melhores road trips da Europa, numa compilação dos melhores destinos do Velho Continente para alugar carro e explorar livremente.

Queres receber notificações acerca de novas ofertas?

Regista-te e decide a frequência de envio. Não vamos enviar spam!

Apesar de nem sempre ser a opção mais económica ou ecologicamente viável, é difícil argumentar contra a comodidade de simplesmente pegar num carro e palmilhar centenas de quilómetros estrada fora. É certo que lhe falta o charme do comboio, a rapidez do avião ou a aventura dos autocarros, mas há lugares onde a experiência de uma road trip se torna praticamente obrigatória, como se os óculos de sol e a ondulação dos cabelos ao vento se tenham quase imiscuído na experiência do que aquele destino significa.

Posto isto, queremos apresentar-te uma lista com 10 das melhores road trips da Europa, numa compilação dos melhores destinos do Velho Continente para alugar carro e explorar livremente. Junta-te a nós!

NOTA: Para promover uma certa justiça e competitividade entre os destinos, optámos por limitar as escolhas a uma opção por país 😊

10 melhores road trips da Europa

Ring Road, Islândia

Começamos com aquela que será, muito provavelmente, a road trip por excelência do território Europeu. Ali bem a norte, na remota e isolada Islândia, a Ring Road rodeia todo o país, num percurso de mais de 1300 quilómetros por algumas das maiores maravilhas naturais que a humanidade alguma vez presenciou.

Embora seja tecnicamente possível, conseguir visitar a Islândia sem alugar carro/caravana é uma missão hercúlea e dispendiosa. Enquanto que existem autocarros frequentes a ligar os principais centros urbanos islandeses, o mesmo não se pode dizer das cascatas, glaciares, lagoas termais ou parques nacionais. Nesses casos, e sem carro, a tua solução passará invariavelmente por recorrer a tours privados ou de grupo que, como em tudo o resto no país, rapidamente drenarão o teu orçamento.

Posto isto, e depois de te fazeres à estrada, não percas a oportunidade de ver em primeira-mão os lugares mais fabulosos que a Islândia tem para oferecer, com destaque para o famoso Círculo Dourado (Thingvellir, Geyser e Gullfoss), para a pitoresca South Coast (Seljalandsfoss, Praia Reynisfjara e Parque Nacional de Vatnajokull) e para o inesquecível Golden Circle (Dettifoss e Desfiladeiro de Asbyrgi). Pelo caminho, não te esqueças de avistar as baleias em Husavik, nem de ir a banhos nas águas termais da icónica Lagoa Azul.

Recomendado: Guia de viagem da Islândia – Roteiro de 8 dias na Terra do Fogo e do Gelo

Toscana, Itália

Da gelada e inóspita Islândia às colinas verdejantes da Toscana, a nossa próxima road trip leva-nos a uma das regiões mais adoradas de Itália. E se é certo que não precisarias de um carro para visitar Florença, a joia da coroa e uma das cidades mais belas do mundo, ter o teu próprio veículo torna tudo relativamente mais fácil (e agradável) se quiseres explorar todos os pequenos pontos que tornam a Toscânia tão badalada nos mapas turísticos.

Depois de vista a maior cidade da região, faz-te à estrada e fica a conhecer outros pontos altos deste adorável cantinho italiano, como a encantadora e cada vez mais popular Siena, lar de uma das praças mais belas do planeta, a vila de San Gimignano e as suas torres medievais, a cidade muralhada de Lucca, e, não podia faltar, Pisa e a sua icónica torre inclinada. Pelo caminho, e sempre em plano de fundo, as maravilhosas paisagens do Val d’Orcia.

Verdade seja dita, seria possível fazer uma lista só com road trips italianas, tal é a riqueza paisagística e cultural do país. Assim, e caso já tenhas riscado a Toscânia da tua lista, vale igualmente a pena alugar carro e explorar a região de Puglia, o Loop da Sicília a ilha da Sardenha ou a Riviera Italiana.

Recomendado: Pela terra do bom vinho e da arte renascentista: Um Guia da Toscana

Rota Romântica, Alemanha

Considerando a sua dimensão a importância económica, política e industrial, sou da opinião que a Alemanha é um dos destinos turísticos mais subvalorizados da esfera ocidental. Devido à destruição massiva causada pela Segunda Guerra Mundial e pela “ocupação” soviética de parte do país nas décadas que se seguiram, é verdade que muitas das maiores cidades da nação germânica não têm a beleza clássica das suas congéneres europeias.

No entanto, e um pouco por todo o país, é possível encontrar vilas e aldeias absolutamente adoráveis, especialmente na região da Baviera e seus arredores. Apresento-vos então a Rota Romântica (ou Romantic Road), a road trip mais popular da Alemanha e que vos levará a atravessar vilas coloridas como Dinkelsbuhl, Nordslingen e Rothenburg ob der Tauber (a mais famosa do conjunto), castelos clássicos como o de Fussen e o de Neuschwanstein, e ainda cidades clássicas como Augsburgo e Wurtzburgo. Se tiveres tempo e orçamento de sobra, podes até ir fazendo pequenos desvios para conhecer locais próximos dignos de menção, como Bamberg, Heidelberg e as metrópoles gigantes de Munique e Frankfurt.

Para além disso, haverá algum país no mundo com estradas melhores que as alemãs? É só entrar na famosa autobahn e escolher onde ir a seguir!

Riviera Albanesa, Albânia

Escondida na região dos Balcãs, a pequena nação albanesa é um dos destinos turísticos com maior crescimento do mundo, num sucesso largamente alavancado por esta região específica do país. Prolongando-se por menos de 200 km, da cidade de Vlore à fronteira terrestre com a Grécia, a Riviera Albanesa é um verdadeiro tratado de praias pristinas, paisagens fabulosas e aldeias pitorescas.

A principal estrada da região, a SH8, serpenteia pelas escarpas situadas à beira-mar, tornando a experiência de condução numa verdadeira atracção paisagística. Pelo caminho, não poderás deixar de parar nas Praias de Gjipe (pessoalmente, a minha favorita), Borsh e Himare, nas aldeias de Dhermi, Vuno e Upper Qeparo, no Castelo de Porto Palermo e na cidade de Sarande, a maior da Riviera Albanesa. No final, encontrarás enfim Ksamil, porventura o local mais famoso da Albânia, bem como o espectacular Parque Nacional de Butrint.

Apesar da Riviera ser o ponto alto, podes estender a tua aventura por terras albanesas e visitar outros locais a não perder no país, como as cidades históricas otomanas de Berat e Gjirokaster, a capital Tirana, Kruje (considerada o berço da nação) e os inesquecíveis Alpes Albaneses, onde é completo o famoso trilho entre Valbona e Theth.

Recomendado: O que fazer na Albânia – Guia de viagem de 7, 10 e 14 dias

 

Transilvânia, Roménia

Apesar de eu jocosamente a apelidar de “A Toscânia dos Pobres”, a verdade é que existem poucas regiões na Europa tão belas e pitorescas quanto a Transilvânia. O mundo pode reconhecê-la como o lar do famoso Drácula, mas é aqui, no coração de um tesouro escondido de seu nome Roménia, que podes encontrar inúmeras vilas históricas coloridas, castelos e fortalezas imponentes e incontáveis colinas esmeralda. Uma pintura verde, a contrastar com o imaginário cinzento e neblinoso.

Ao longo do teu périplo pela terra do conde dos dentes aguçados, não podes perder as cidades de Brasov e Cluj-Napoca, as vilas de Sibiu, Sighisoara e Alba Iulia, os castelos de Bran, Peles e Corvin e ainda a Fortaleza de Rasnov. Pelo caminho, podes também ir parando em locais menos comuns, como santuários de ursos (a Transilvânia é um dos seus habitats naturais), minas de sal (Turda), igrejas fortificadas (Biertan, Calnic ou Prejmer) e cemitérios bizarros (Maramures).

Por fim, e porque escolhi esta como uma das melhores road trips da Europa, não deixes de conduzir pela Estrada Transfagarasan, uma via serpenteante que, só pelas fotos, já causa enjoos!

Estrada Nacional 2, Portugal (Bónus: Costa Vicentina)

Considerada a mais lendária de todas as road trips portuguesas, não há aventura no asfalto que se compare à icónica Estrada Nacional 2 (EN2).  Numa altura em que o turismo parece ter tomado o país de assalto, o troço permanece relativamente resguardado do turismo estrangeiro (pelo menos em comparação com outras paragens mais populares), razão pela qual tinha que o incluir nesta compilação das melhores road trips da Europa!

Ligando o país de norte a sul ao longo de mais de 700 km, a estrada passa por nada menos que 11 distritos, 11 serras e 13 rios, atravessando ainda muitas dezenas de vilas e cidadezinhas típicas, do litoral Atlântico aos socalcos do Douro Vinhateiro: um verdadeiro tratado de Portugalidade (ou o que quer que isso seja).

Alternativamente, caso já tenhas tido a sorte de percorrer a EN2, podes optar por rumar à Costa Vicentina. Embora haja alguma discórdia relativamente ao ponto exacto de início da Costa Vicentina, para efeitos deste artigo irei considerar todo o território encapsulado pelo Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina. Afinal, quanto mais melhor, certo? De São Torpes a Burgau, esta fabulosa estrada estende-se por cerca de 150 km, passando em locais tão emblemáticos quanto Porto Covo, Vila Nova de Milfontes, Zambujeira do Mar e Aljezur.

Como não poderia deixar de ser, a rota é também extremamente famosa pelos seus tremendos areais, com as praias da Samoqueira, Odeceixe, Monte Clérigo e Arrifana a fazerem as maravilhas de milhares de banhistas todos os anos. Já para a malta que não se dá tão bem de papo para o ar, podem sempre completar os hikes mais populares da região, como o Trilho dos Pescadores ou o Caminho do Pontal da Carrapateira.

Atlantic Road, Noruega

Voltando a paragens mais a norte, estreamo-nos agora na Península da Escandinávia para uma experiência que parece fazer jus à sua fama de ser uma das melhores road trips da Europa! Prolongando-se por quase 9 km, a Atlantic Road é um verdadeiro feito da engenharia que lhe valeu o estatuto de Monumento Nacional, conectando vários ilhéus através de 8 pontes. O cenário é de tal forma que incomum que por vezes quase parece que estás a conduzir sobre a água, tornando toda a experiência ainda mais surreal. Para além disso, a paisagem não desilude!

A partir daqui, podes seguir para norte ou sul e explorar o resto da gigantesca Noruega. Se optares pelo primeiro, podes visitar a região de Trondheim e aumentar exponencialmente as tuas chances de assistir às Auroras Boreais, antes de entrares oficialmente no Círculo Polar Ártico e conduzires até às fabulosas Ilhas Lofoten. Se seguires para sul, podes explorar as cidades históricas de Alesund e Bergen, maravilhares-te com os icónicos Fiordes da Noruega (Geirangerfjord e Sognefjord) e ainda embarcares numa das travessias de comboio (ida-e-volta) mais bonitas do mundo a bordo do Flam Railway.

Independentemente da tua escolha, não há como errar!

Andaluzia, Espanha

Terra das danças flamencas, das tapas e das touradas, a Andaluzia é, para o bem e para o mal, o lar ancestral da alma e tradições espanholas. Para além disso, foi também a última região do país a ser ocupada pelos mouros, pelo que a arquitectura islâmica continua bem presente em vários dos principais monumentos locais.

Munido do teu próprio veículo, podes alternar a teu bel-prazer entre as principais cidades da região, como Sevilha, Granada, Córdoba ou Málaga; as vilas turísticas mais famosas, como Ronda, Antequera e Nerja; e ainda entre as magníficas praias andaluzes, com destaque para a emblemática Costa do Sol. Para além disso, há ainda espaço para dezenas de aldeias caiadas de branco (como Arcos de la Frontera e Zahara de la Sierra), centros de vida nocturna (como Marbella e Benalmádena), parques nacionais (como Serra Nevada e Doñana) e até mesmo um dos trilhos mais bonitos e populares do país – o famoso Caminito del Rey!

Se, por milagre, conseguires incluir tudo isto no teu seguramente limitado tempo de férias, podes até dar um saltinho ao Reino Unido e visitar o território ultramarino Britânico de Gibraltar.

Recomendado: Guia de viagem de Málaga e Costa del Sol, Espanha – Transportes, praias, hotéis + Roteiro de 7 dias

Costa da Dalmácia, Croácia

Embora a Costa da Dalmácia incorpore também alguns territórios de Bósnia e Montenegro, e até para efeitos de simplificação (no que toca a optimização de tempo, seguros automóveis e moeda), iremos apenas focar-nos na Croácia. Afinal, e a par da Riviera Albanesa, esta é considerada a melhor road trip em todos os Balcãs!

Começando na lendária, e extremamente turística, cidade de Dubrovnik, esta viagem inclui também passagem noutras cidades muralhadas e históricas, como Split, Zadar e Trogir.  Por outro lado, se te apetecer resguardar do calor e da confusão dos grandes centros e optar por algo mais relaxado, é sempre boa ideia parar no Parque Nacional de Krka, famoso pelas suas extraordinárias quedas de água. Finalmente, e caso estejas afim de deixar o carro por uns dias e desfrutar da “island life”, serás sempre bem-vindo nas ilhas de Korcula e Hvar.

Quanto ao resto da Croácia, e caso ainda tenhas mais uns quantos dias disponíveis, podes prolongar a tua day trip pelo resto do litoral croata e incluir o Parque Nacional dos Lagos de Plitvice e a cidade de Pula.

Vale do Loire, França

Fechamos a nossa lista das road trips mais bonitas da Europa em território francês, outra nação que, à semelhança de Itália e Espanha, poderia ter um artigo da mesma temática dedicado só ao seu país. Das inúmeras opções que tinha à escolha, optei por dar destaque ao Vale do Loire, uma região de cidades medievais, excelentes vinhos e inúmeros palácios/castelos aparentemente saídos de uma qualquer história de encantar. Para além disso, o seu cenário é tão verde e calmo que lhe valeu o epíteto de “O Jardim de França”.

Tendo início em Tours, nesta road trip não podem faltar passagens pelos (muitos) châteaux da região, sendo os mais populares os palácios de Chambord, Chenonceau, Cheverny, Valençay e Azay-le-Rideau (e não chegam nem a metade dos que há para visitar). Para desenjoar um pouco dos châteaux, é boa ideia ir intercalando com algumas das vilas e cidades mais bonitas do Vale do Loire, como Chartre, Orléans e Bourges.

Resta mencionar que, se visitares o país entre meados de Junho e meio de Agosto, sugerimos deixar o Vale do Loire para mais tarde e dedicar a tua road trip à região de Provença. Para além de locais como Aix-en-Provence, Avignon e Arles (para não falar da essencial Marselha), terás a oportunidade de apanhar os icónicos campos de lavanda em todo o seu esplendor púrpura.

Leituras Sugeridas:

10 dos mais interessantes ferries da Europa 🚢

10 das mais animadas e curiosas festas da Europa 🎉🥳

10 dos melhores parques urbanos do mundo 🌳🌺

10 das melhores cidades para sair à noite na Europa 💃🍾

10 dos melhores destinos para ver auroras boreais 💫

11 dos melhores destinos de viagem para amantes da bola ⚽

10 dos destinos de praia mais baratos, surpreendentes e subvalorizados da Europa 🏖️

Seguro de Viagem

Para contratar o teu seguro de viagem, aconselhamos a IATI, com uma excelente gama de seguros, incluíndo aquela que é, provavelmente, a melhor cobertura do mercado. 

Se reservares connosco, através deste link, tens 5% de desconto no teu seguro e, ao mesmo tempo, dás-nos uma ajuda preciosa 🙂

Consulta do Viajante

Aconselhamos a marcar a tua consulta na Consulta do Viajante Online. Insere o código flamingo para teres 5% de desconto em consultas para 2 ou mais pessoas.

Tours & Atividades

Reserva já os teus tours ou atividades no Viator, do grupo Tripadvisor! E ao fazê-lo estás-nos a dar uma grande ajuda 🙂

Queres receber notificações acerca de novas ofertas?

Regista-te e decide a frequência de envio. Não vamos enviar spam!

Sugestões de viagem